14 anos do serviço Prefeitura realiza I Encontro de Mulheres do Centro de Referência Ednalva Bezerra


Em 29/09/2021

 



Um momento para compartilhar experiências e encorajar quem também sofre de violência doméstica a procurar ajuda e denunciar. Nessa proposta, a Secretaria Extraordinária de Políticas Públicas para as Mulheres de João pessoa (SEPPM) realizou, na tarde desta quarta-feira (29), o I Encontro de Mulheres do Centro de Referência Ednalva Bezerra. O evento, que fez parte da programação de aniversário dos 14 anos do serviço, contou com a presença de ex-usuárias.

O encontro ocorreu no auditório do Lyceu Paraibano, seguindo todos os protocolos de prevenção à Covid-19.  Para a secretária da Mulher, Nena Martins, momentos como esse fortalecem o vínculo do poder municipal com as mulheres que precisam dessas políticas públicas. “A nossa intenção é estar cada vez mais perto das mulheres de João Pessoa, principalmente das que são vítimas de qualquer tipo de violência. O Centro é o lugar de acolher e fortalecer essas mulheres e, por isso, seguimos trabalhando diariamente para atendê-las cada vez melhor”, disse.

Além dos depoimentos das ex-usuárias, o evento contou com palestra de psicóloga, dinâmica em grupos, momentos lúdicos com apresentação de dança e músicas, entre outras atividades.

“Foi um momento muito especial e importante, onde reunimos mulheres que foram atendidas pelo serviço ao longo desses 14 anos. Nesse encontro, elas puderam contar suas histórias de superação, que certamente incentivarão outras vítimas a buscarem ajuda para conseguir sair do ciclo de violência”, afirmou a coordenadora do Centro, Lila Oliveira.

O Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra é um espaço onde mulheres vítimas de violência doméstica e seus familiares, na maioria dos casos filhos, são acolhidos, orientados e encaminhados para a Rede de Atendimento.

Passado de dor – Uma dessas mulheres que recebeu esse apoio do serviço municipal foi Maria, atualmente com 60 anos de idade. Ela foi vítima de violência doméstica por vários anos e só conseguiu sair do ciclo da violência ao receber suporte do Centro, reconstruindo a vida longe do agressor. “Cheguei ao Centro de Referência fragilizada e fui muito bem atendida. Tive suporte jurídico e psicológico, o que me encorajou a seguir em frente, sem olhar para o meu passado de dor. Sou uma mulher muito grata por tudo que fizeram por mim neste lugar tão especial”, contou.

Localização – O Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra fica localizado na rua Afonso Campos, nº 111, no bairro do Centro. O espaço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Outras informações pelo telefone 0800 283 3883.

Confiras as áreas e os serviços oferecidos no Centro

-Social: Acolhimento à mulher em situação de violência, identificando suas necessidades e encaminhando para os serviços da rede;

– Psicológico: Oferece suporte emocional na perspectiva do rompimento do ciclo de violência e da redução dos danos emocionais causados pela violência vivenciada, através da psicoterapia grupal e individual, além de atividades em grupo;

– Jurídico: Acompanha as ações junto à Segurança Pública e Justiça, além de orientar sobre os direitos das mulheres;

-Arte-educação: Resgate do potencial criativo, estimulando a autonomia e transformação através de atividades artísticas individuais ou em grupo.

-Terapia holística: Traz mais autoconsciência corporal, emocional, mental e espiritual, tratando o ser humano como um todo.

  • Texto: Ludmilla Santos
    Edição: Cristina Cavalcante
    Fotografia: assessoria