novembro 13, 2019

Wilson Filho propõe criação do programa 'Minha Casa Minha Vida' na Paraíba



O Projeto de Indicação 234/2019, do deputado Wilson Filho, que sugere a criação de um programa habitacional no Estado da Paraíba aos moldes do 'Minha Casa Minha Vida', foi aprovado nesta quarta-feira (13), durante sessão ordinária da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). O grande diferencial com relação ao projeto do governo federal é a redução da faixa de renda, o que permite a inclusão de uma parcela da população com menos poder aquisitivo.

"A demanda por novas habitações não é pequena. De acordo com dados do IBGE, este quantitativo gira em torno de 124 mil famílias. Isso quer dizer que mais de 500 mil pessoas no Estado não dispõem das condições de ter uma casa própria. E tem mais: há as pessoas que possuem moradia, mas vivem em condições subumanas. O Ministério da Saúde apontou que pelo menos 160 mil famílias ainda vivem em casas de taipa na Paraíba. Um quadro que precisa mudar", afirmou.

Wilson Filho ressaltou que com o desmantelamento do 'Minha Casa Minha Vida' do Governo Federal deixou uma lacuna habitacional e prejudicou a economia local - uma vez que o MCMV gera empregos e renda para médios e grandes construtores.

"O governo federal trouxe investimentos na casa dos bilhões para a Paraíba. A torneira fechou, mas as pessoas não deixaram de ter necessidade. O que tem faltado é linha de crédito com as facilidades que permitam ao trabalhador mais humilde ter a sua casa própria. O governo da Paraíba terá condições de preencher esta lacuna. Este projeto visa, unicamente, contribuir com ideias para o sucesso da economia no Estado, a felicidade das pessoas e a geração de empregos. Precisamos agir, porque quem mais precisa tem pressa", justificou.

O projeto sugerido por Wilson Filho ao Executivo prevê uma faixa de renda que contemple famílias que recebam entre R$ 1.200,00, pouco mais que um salário mínimo, e R$ 4.000,00; ao passo que o programa do governo federal tem como menor faixa de renda R$ 1.800,00 a R$ 7.000,00.

Nenhum comentário:

Postar um comentário