novembro 10, 2019

Após presidir audiência itinerante para debater LOA 2020 em CG, Wilson Filho comandou trabalhos em Sousa nesta sexta-feira


Após comandar a primeira Audiência Pública para debater a Lei Orçamentária Anual (LOA) e o Plano Plurianual (PPA) do Estado da Paraíba fora de João Pessoa, o deputado Wilson Filho (PTB), presidente da Comissão de Orçamento, Fiscalização, Tributação e Transparência, presidiu Audiência nesta sexta-feira (7) a partir das 10h no município de Sousa, contemplando o Sertão paraibano.
O evento aconteceu na Câmara de Vereadores da cidade.

“O orçamento é a peça mais importante do ano inteiro. A gente está debatendo aquilo que vai se projetar para 2020. Os 12 meses serão pautados por isso que está sendo debatido agora. Vamos saber se o estado vai apresentar mais recursos para a saúde, a educação, a segurança e isso é o orçamento que vai dizer”, destacou Wilson Filho.

Nessa quinta, a primeira Audiência Pública para discutir o orçamento do Estado em 2020 na Câmara Municipal de Campina Grande. A audiência contou com a presença do secretário estadual de Planejamento, Orçamento e Gestão, Gilmar Martins de Carvalho; o vereador de Campina Grande, Bruno Faustino (PSB), coautor do requerimento para a realização da Audiência Pública, para secretariar os trabalhos; e o deputado estadual Moacir Rodrigues (PSL) para compor a mesa. Vários deputados e vereadores da região estiveram na ocasião.

A ideia da realização das audiências públicas itinerantes, segundo ele, é fazer com que as pessoas e representantes de entidades não precisem se deslocar para a capital para participar das discussões sobre o orçamento. Além dos debates itinerantes, com a última ocorrendo em João Pessoa, na próxima quinta-feira (14), haverá audiência temáticas, seguindo o seguinte calendário: no dia 12, segurança; dia 19, saúde e ação social; dia 20, educação, ciência e tecnologia, cultura e esporte; dia 26, infraestrutura e desenvolvimento econômico. Todas com a presença de auxiliares do governo nas suas áreas respectivas.

“Dessa forma a gente consegue, também, convidar a entidades, construir o orçamento a várias mãos. A peça orçamentária advinda do Governo do Estado está muito bem redigida. Está projetando aumentos os investimentos em saúde, educação e segurança, de forma gradativa, tudo sob o acompanhamento do parlamento estadual”, finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário