agosto 29, 2019

Wilson Santiago acompanha João Azevêdo, empresários e investidores em audiências com ministros e é apresentado a projeto do Estaleiro de Lucena, que contará com investimento superior a U$ 900 milhões e deve gerar 6 mil empregos


O deputado federal Wilson Santiago (PTB) acompanhou o governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), empresários e investidores em audiências nesta quarta-feira (28) com os ministros da Ciência e da Economia, Marcos Pontes e Paulo Guedes, respectivamente. Durante a ocasião, foi apresentado o projeto do estaleiro de reparos navais que será construído no município de Lucena, no Litoral Norte da Paraíba. A obra tem previsão de início para o primeiro semestre de 2020. O parlamentar também se inteirou de como será feito o financiamento da obra, que contará com 100% de investimento privado.

“Apenas durante a construção, serão 3 mil empregos diretos que aquecerá a economia de toda a Paraíba. Após a construção, serão 1.500 empregos diretos e 4.500 empregos indiretos, somando 6 mil ao todo, nesta obra de proporções colossais que deverá ser concluída em meados de 2022. Estou aqui juntamente a outros componentes da Bancada Federal para prestar a João todo o apoio necessário na abertura de portas em Brasília”, explicou.

O Estaleiro se chamará Empresa de docagens Pedra do Ingá e contará com um investimento U$ 962 milhões. Ele será construído pela McQuilling Partners (empresa americana com sede em Nova York) e será gerido pela empresa chinesa: IMC YY – considerada a mais produtiva operadora de estaleiros de reparos navais do mundo com sede na cidade de Zhoushan na China.

Não há estaleiros de reparo no Atlântico Sul para navios de médio e grande porte e, portanto, o Estaleiro de Lucena poderá receber os maiores navios do mundo para reparos. O estaleiro poderá receber 75% das plataformas semissubmersíveis existentes no mundo para reparo e necessita de apenas 7% do tráfego marítimo que tangencia a Paraíba para a operar em sua capacidade máxima.

As reuniões contaram com as presenças de auxiliares do Governo da Paraíba, de membros da Bancada Federal, além de proprietários e representantes das empresas norte-americaca e chinesa - McQuilling Partners e IMC YY.

Nenhum comentário:

Postar um comentário