Gutemberg Cardoso volta ao rádio em novo projeto com Fabiano Gomes e Heron Cid na Arapuan

Nessa segunda (09) a rádio na Paraíba vai começar uma nova fase. O Arapuan Verdade ocupa no horário de 12h às 14h e conta com muitas novidades.
Um dos grandes nomes da comunicação volta para a bancada e irá reformular os moldes atuais da imprensa falada.  Gutemberg Cardoso, que por três anos esteve dedicado ao site Polêmica Paraíba (segundo mais acessado do estado) e a TV Master, faz um retorno mais que esperado às ondas de rádio.
Gutemberg diz que a rádio passa por uma “midiamorfose”: “A rádio recebe influências de outros meios e outras plataformas. Uma mídia não elimina outra, interagem, complementam-se, convergem”. Para o polêmico jornalista, o rádio está mais ativo, mais vibrante e companheiro: “Há 16 anos eu lancei com Ruy Dantas e Josival Pereira um projeto que revolucionou a maneira de fazer rádio. Agora estamos repetindo a dose”.
O programa conta com quadros que buscam pela interação com o público, que vai ter espaço garantido para colaborar e participar ativamente das notícias, com quadros como Na Ponta da Linha e A Consciência do Ouvinte.  E isso sem perder o foco na verdade e no combate às notícias falsas, as fakenews, como no quadro A Verdade das Redes Sociais.
Mas essa não é única novidade bombástica para essa estreia. O comunicador Fabiano Gomes irá dividir bancada com Gutemberg, protagonizando o esperando “grande encontro do rádio”. Os dois “meninos de Cajazeiras” formam equipe com Heron Cid e prometem revolucionar a forma de fazer rádio da Paraíba.
Haverá também o quadro No canto da Parede, com a participação toda semana de um convidado que atuará como uma espécie de ombudsman, para colocar no canto da parede os três apresentadores: Gutemberg, Fabiano e Heron.

Fonte: Polêmica Paraíba

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.

Wilson Santiago e Wilson Filho são recebidos por lideranças politicas em Ingá