março 01, 2018

Temer discute segurança com governadores nesta quinta; RC vai participar

Ricardo anuncia nesta segunda o programa Mais Trabalho 2Resultado de imagem


Além de Raul Jungamann, ministro da pasta de Segurança, estarão presentes outros ministros, como o interino da Defesa, general Joaquim Silva e Luna
O presidente Michel Temer comandará nesta quinta-feira (1º), no Palácio do Planalto, uma reunião com diversas autoridades para discutir segurança pública. O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho confirmou presença.

Foram chamados: os 27 governadores; ministros; a presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia; o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE); e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Parlamentares aliados ao governo também são esperados.

O encontro no Palácio do Planalto, previsto para as 11h, acontece em meio à intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro, decretada em fevereiro e que vai durar até dezembro.

Nesta quarta (28), em entrevista à rádio Jovem Pan, Temer afirmou que o Rio se tornou uma “espécie de vitrine” do que pode acontecer em todo o país e, por isso, os “últimos acontecimentos” mostravam que a intervenção era necessária.

“Eu chamei uma reunião dos governadores dos estados brasileiros para que todos se integrem nessa tarefa. Acho que é um ponto fundamental para o país”, afirmou o presidente na ocasião.

Ministério da Segurança

Paralelamente à intervenção no Rio de Janeiro, o governo criou o Ministério da Segurança Pública.

A nova pasta será responsável pela Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Secretaria Nacional de Segurança Pública e Departamento Penitenciário Nacional (Depen), além de outros órgãos.

Na última terça (27), o ministro Raul Jungmann, ex-chefe da Defesa, tomou posse à frente do novo ministério. No discurso, ele avaliou que o sistema carcerário brasileiro se tornou um “home office” do crime organizado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário