Wilson Filho cobra explicação da Anac por aumento no preço de passagens aéreas

O deputado federal e presidente da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados, Wilson Filho (PTB), voltou a cobrar explicações da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) sobre os preços elevados das passagens aéreas. Durante discurso no plenário da Câmara, o parlamentar criticou o posicionamento de empresas estão cobrando por bagagens e até por marcação de assentos, deixando inclusive, os valores das passagens mais altas.

“Essas cobranças deveriam ao menos refletir no valor da passagem, mas isso não está acontecendo. No ano passado, o passageiro começou a ser obrigado a pagar um adicional por bagagem despachada. E qual foi a justificativa da Anac? A passagem ficaria mais barata, o que não aconteceu. Hoje, na verdade, o preço das passagens aéreas para o Brasil, cito como exemplo para o Estado da Paraíba, que eu represento, está bem mais alto”, destacou o deputado.

Para Wilson Filho, é preciso que a Anac apresente uma justificativa para o que está acontecendo, pois não os brasileiros estão sendo penalizados com preços abusivos impostos pelas companhias aéreas.

“Este mês eu fiquei ainda mais indignado e trouxe o problema para esta Casa. A empresa aérea Gol anunciou que, além de cobrar pela passagem, obviamente, iria cobrar pela bagagem e pelo assento marcado, portanto um custo a mais sobre algo justificado pela Anac, como sendo a diminuição do preço das passagens. Um abuso! ”, declarou.

Como presidente da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, o deputado paraibano decidiu convocar a Secretaria Nacional de Aviação Civil e a Anac para apresentar um parecer sobre o anúncio feito pela Gol Linhas Aéreas de que vai passar a cobrar pela marcação de assentos no ato da compra do bilhete.


Assessoria de Imprensa
Múltipla Comunicação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

CNM convoca gestores para mobilização no Congresso Nacional nos dias 7 e 8 de agosto

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.