Eu tenho DIREITO de perguntar, cadê JOÃO AZEVEDO nas plenárias do OD? Eu tenho este DIREITO?

Se o prazo para qualquer cidadão que decida ser candidato nas próximas eleições afastarem-se de suas funções a exemplo de um secretário de estado ainda nem expirou, o que justificaria este afastamento?
O que tem o TRE com isto? Se ele não pede voto durante as plenárias,onde caracteriza crime eleitoral ou algo parecido? Custo a entender a justiça brasileira.
Se os adversários de João Azevedo não tem opção de decidir por um candidato para disputar as eleições a altura da capacidade do JOÃO TRABALHADOR, imagino que fazer uma denúncia ao Tribunal Eleitoral da Paraíba seja a saída para tentar atrapalhar o trabalho que JOÃO faz a tantos anos ao lado do Governador Ricardo Coutinho tirando a nossa Paraíba do atraso.
Então JOÃO, se a sua ausência foi percebida nas plenárias do orçamento democrático que leva a milhares de pessoas a solução para ver os seus municípios evoluindo em vários  segmentos, significa que o POVO conhece o seu papel neste estado, que é de um homem que trabalha todos os dias incansavelmente para ver a Paraíba na rota do desenvolvimento.

Por Nena Martins (Cidadã Paraibana, de Conceição)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.

Wilson Santiago e Wilson Filho são recebidos por lideranças politicas em Ingá