junho 07, 2017

Acusados de assassinar corretor de imóveis em João Pessoa, Claudio Cavalcanti de Arruda, participarão de audiência de instrução e julgamento na próxima segunda- feira.



Nesta segunda-feira 12 de junho, será realizado no segundo tribunal de júri a audiência de instrução e julgamento dos réus: Moisés Machado Cordeiro, Igor de Mesquita Dalia, Jailton Gomes dos Santos e Djalma Martins do Nascimento. 
Eles são acusados de planejar e matar por motivo fútil o corretor de imoveis Claudio Cavalcanti de Arruda ( Claudio Arruda ).
O crime chocou a população da Paraíba.
Segundo informações de um dos acusados e autor dos disparos Igor de Mesquita Dalia, o mandante do crime foi Moisés Machado Cordeiro , conhecido popularmente como Moisés Bicicleta, que planejou eliminar Claudio Arruda para não pagar uma dívida que tinha com o mesmo. Sendo assim, matando Claudio , estaria livre de cumprir com a sua obrigação com a vítima .Moisés agiu covardemente atraindo Claudio Arruda até o seu estabelecimento que foi recebido com sete disparos de arma de fogo sem lhe dar chances de defesa.
O assassinato aconteceu no bairro do Rangel em João Pessoa na rua Romeu Rangel no horário entre as 11 e 13 horas do dia 25 de Janeiro de 2016.
A audiência ocorrerá às 16 horas e será presidida pela juíza de direito DRA Aylzia Fabiana Borges Carrilho , e contará com a presença do ministério público representado pelo promotor de justiça Alexandre Varandas Paiva e dos assistentes do ministério público Antônio Navarro Ribeiro e Fábio Cavalcanti de Arruda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário