Juiz celebra casamento coletivo de 11 casais, em Conceição O evento ocorreu, na manhã desta quinta-feira(16 no auditório da Comarca de Conceição.

Do Portal http://www.valedopianconoticias.com.br  
Gilberto Angelo.
“AINDA que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria. O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece (...) Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor”.
Com esse Versículo do Capítulo 13 do livro de Coríntios, o juiz Antonio Eugênio deu início ao casamento coletivo de 11 casais. O evento ocorreu, na manhã desta quinta-feira(16), no auditório da Comarca de Conceição.

Casais de todas as idades, a exemplo do casal Alberi Vieira de Arruda e Maria Elineide Donato de Sousa, que já vivem juntos há 21 anos e resolveram formalizar o matrimônio, assim como o casal de jovens, João Breno de Oliveira Alves e Karine Lorraine Anatildes Lacerda, que embora ainda novos, rendaram-se a matrimônio, movidos pelo tão sublime amor. No entanto, sem exceção, estiveram todos com o mesmo finco: construir uma família ou oficializar uma união.

Juiz celebra casamento coletivo de 11 casais, em Conceição

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

CNM convoca gestores para mobilização no Congresso Nacional nos dias 7 e 8 de agosto

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.