Postagens

Mostrando postagens de Outubro 16, 2013

Aumenta o número de açudes em situação crítica na Paraíba; cinco reservatórios estão secos Dados são do último relatório disponibilizado pela Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba

Imagem
Aumenta o número de açudes em situação crítica na Paraíba; cinco reservatórios estão secos Dados são do último relatório disponibilizado pela Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba Já são cinco os açudes completamente secos na Paraíba. Além deles, outros 17 estão em situação crítica, ou seja, com menos de 5% de água que o manancial comporta. Desde o último mês de junho, a falta de chuvas no Semiárido, acentuou o problema da estiagem prolongada no Estado. Os dados são do último relatório disponibilizado pela Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa).   De todos os reservatórios que já estavam com a capacidade mínima de água preenchida, apenas o açude de Serrote, na cidade de Monteiro (no Sertão), permaneceu com o mesmo nível de água, que não passa de 0,3%, tendo apenas 16.250 metros cúbicos. Os demais açudes reduziram seu volume de água.   Dos 123 açudes monitorados pela Aesa, 33 estão em observação, com menos de 20% de seu volume total. Dent…

Paracetamol pode ter causado a morte de 1.500 pessoas no Brasil Medicamento estaria sido consumido em uma dosagem além do permitido. Suas substâncias causam insuficiência hepática fulminante, onde fígado para de funcionar, necessitando um transplante

Imagem
Um dos remédios mais populares no Brasil, o paracetamol, pode ser a causa da morte de mais de 1.500 pessoas no país. De acordo com uma pesquisa realizada pela ONG de jornalistas, “Pro Publica”, o medicamento seria a causa de vários problemas de fígado. Em si, suas substâncias não causariam nenhum mal, mas, com a superdosagem, ele afeta gravemente o fígado, nos últimos dez anos.
Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), entretanto, a recomendação é que o analgésico não seja ingerido mais que 4g por dia, o equivalente a uma média de seis comprimentos. Na bula, a recomendação está inscrita, porém as consequências da superdosagem não são reveladas. Para a agência reguladora de medicamentos dos Estados Unidos, a Administração de Comidas e Remédios dos Estados Unidos (FDA), a prescrição de 4g está acima do ideal, que deveria ser de até 325 miligramas (mg). A nova idicação deverá entrar em vigor já no próximo ano, em 2014.
do portal correio