julho 26, 2013

S.O.S RODOVIA que liga CONCEIÇÃO A DIVISA DO CEARÁ.

Esta é a IMAGEM da estrada que liga a cidade de Conceição no vale do piancó, até a divisa do ceará. Lamentavelmente esburacada a mais de um ano e ninguem meche um dedo para resolver o problema. Com a palavra o Governo do Estado - DER-PB.
Versão 02
Meu POVO de tanto pedir ao governador da Paraíba para autorizar o DER PB a fazer recapeamento e esquecer este negócio de tapa buraco, resolvi pesquisar outro tipo de ajuda e encontrei a solução para recuperar a estrada que liga CONCEIÇÃO a divisa do CEARÁ.
De repente teremos êxito. Se VOCE partilhar quem sabe o GOVERNO tem PIEDADE de NÓS.
by nena martins - Conceição PB > Vale do piancó.
 

Professores da rede estadual de ensino podem se inscrever para curso de Astronomia Básica

Os professores que lecionam Ciências do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental na rede estadual de ensino e de outras redes públicas têm agora a oportunidade de ampliar os conhecimentos na área de Astronomia. O Núcleo de Ensino e Pesquisa em Astronomia (Nepa) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) abriu 40 vagas para o Curso de Capacitação de Ensino em Astronomia.
As inscrições estão abertas até o dia 6 de agosto. O curso é gratuito e ofertado totalmente na modalidade à distância (EAD), por isso as aulas serão ministradas por meio da plataforma Moodle, no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). O curso tem duração de 100 horas, distribuídas em 10 semanas, e acontecerá no período de 19 de agosto a 27 de outubro. No dia 17 de agosto, será divulgada a lista com os candidatos selecionados.
Inscrições - Podem se inscrever professores da Rede Pública de Ensino que lecionam a disciplina de Ciências no Ensino Fundamental e que estejam em plena atividade de sua função. Para se inscrever, o candidato deve preencher o formulário disponível neste link: http://www.ifpb.edu.br/nepa/cursos. Ao final do curso, cada professor deverá receber um Certificado homologado pelo IFPB. O curso é composto por tópicos como Medidas Astronômicas, História da Astronomia, Sistema Solar, Galáxias, Constelações, entre outros.
Importância - O professor Francisco Nobre, coordenador do Nepa, afirmou que docentes de qualquer região do País podem fazer o curso que será estruturado a partir da Diretoria de Educação à Distância do Instituto. Ele destacou que o curso é importante para fortalecer a formação dos professores de Ciências. “Muitos professores são formados em Biologia, por exemplo, mas durante a graduação o conteúdo de Astronomia não foi contemplado. O curso dará uma visão melhor aos professores que estão em sala de aula”, ressaltou.

CAMPOS MACHADO RETOMA CAMPANHA NACIONAL PELA DIMINUIÇÃO DA MAIORIDADE PENAL

São Paulo, 26 de julho – Com o slogan “Plebiscito Já – Redução da Maioridade Penal”, o deputado Campos Machado, secretário-geral do PTB, lança no dia 22 de agosto campanha nacional pelo plebiscito para a redução da maioridade penal. A ação prevê encontros, manifestações pacíficas, coletas de assinaturas e envio de cartas às principais autoridades do país com o objetivo de sensibilizar o Congresso Nacional a aprovar a realização do plebiscito.
O assunto não é novo para o deputado paulista. Em 1992, ou seja, 21 anos atrás, Campos Machado iniciou campanha idêntica, denominada “Crime não tem idade – Maioridade penal aos 14 anos”.
Naquela época, o petebista realizou coleta de assinaturas na capital paulista, bem como na Grande São Paulo, no Interior do Estado e em outras cidades do país, para que a população manifestasse seu desejo da realização de um plebiscito, direito político assegurado à soberania popular, previsto no artigo 14 da Constituição Federal.
O abaixo-assinado em favor do plebiscito conseguiu reunir em 1992 quase um milhão de assinaturas.
Em 1995, Campos Machado continuou sua campanha pela redução da maioridade penal apresentando, na Assembleia Legislativa, a Moção 145/95, requerendo providências das Casas Legislativas federais para que a maioridade penal fosse fixada em 14 anos, com a construção de estabelecimentos penais específicos para adolescentes infratores entre 14 anos e 18 anos, com atividades de alfabetização, serviços profissionalizantes e tratamento para os viciados em drogas.
De acordo com Beth Chedid, ex-vereadora e atual coordenadora da campanha pela redução da maioridade penal, desta vez as assinaturas serão reunidas também pela internet.
A coordenadora conta que os diretórios do PTB no país todo, e não só em São Paulo, estarão mobilizados para a distribuição de material da campanha.
Estão em fase final de produção peças publicitárias como outdoors, folhetos, site, adesivos, filmes e logotipos da campanha para veiculação nas redes sociais.
Nesta primeira etapa, a campanha “Plebiscito Já – Redução da Maioridade Penal” vai contar com 500 outdoors, sendo 300 em São Paulo e 200 nas capitais brasileiras. Em setembro, a campanha com outdoors irá para as rodovias do país.
De acordo com Beth Chedid, “discussões sobre a idade ideal para o início da responsabilização criminal é tema a ser deliberado no Congresso Nacional, mas, o fundamental, é o resultado do plebiscito feito à população brasileira, que dará legitimidade para a mudança que se pretende, sem a pressão de grupos religiosos, políticos e minorias”.
Em países europeus, assim como na esmagadora maioria dos Estados que compõem os Estados Unidos, a maioridade penal varia de 12 a 15 anos e, na Inglaterra, 10 anos.
Em abril, o instituto DataFolha de pesquisa publicou estudo mostrando que92% dos paulistanos querem punições mais duras para menores de 18 anos.
Para Campos Machado, “em tempos de hoje, com a velocidade da tecnologia, do conhecimento e da informação, um jovem de 14 ou 15 anos, com um  simples aparelho  celular, um tablet ou computador, tem o mundo todo ao seu alcance, e com a completa noção do que é certo e o que é errado.  O que é legal e o que é crime. O que é o que não é permitido.  Não podemos mais tapar o sol com a peneira.”

Eleitores de seis municípios do Vale passam por recadastramento biométrico


De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), dois municípios da região têm se destacado no recadastramento biométrico de eleitores, que começou no estado em fevereiro deste ano: Emas, que já teve 77,8% de seus votantes recadastrados, e Aguiar, com 73,4%. Além deles, também estão passando por recadastramento outros municípios do Vale: Catingueira, Igaracy, Nova Olinda e Olho d’Água.

O TRE-PB continua convocando os eleitores desses municípios para comparecerem aos cartórios eleitorais onde estão subordinados e se recadastrarem. Quem ficar de fora do recadastramento terá o título eleitoral cancelado e ainda sofrerá outras sanções.

Estão sendo exigidos os seguintes documentos para o recadastramento: título eleitoral; certidão de nascimento ou casamento; carteira de identidade, carteira emitida pelos órgãos criados por lei federal, ou controladores do exercício profissional e carteira de trabalho e previdência social; comprovante de domicílio (original); e certificado de quitação do serviço militar para os homens maiores de 18 anos que tirarão o título eleitoral pela primeira vez.

O recadastramento biométrico vai até março de 2014. Piancó e Santana dos Garrotes são os únicos municípios da região que já tiveram a experiência de votar por meio da urna biométrica, que identifica o eleitor por meio de sua digital. A novidade foi experimentada pelos dois municípios no pleito municipal de 2012.

Ou seja, no próximo ano, oito municípios do Vale votarão por meio do sistema biométrico, o que corresponde a 35,8% do eleitorado vale-piancoense, que atualmente chega a 127.037 pessoas.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 18 milhões de eleitores de municípios de 25 estados e do Distrito Federal deverão votar por meio da biometria. A previsão é de que, até 2018, o sistema esteja implantado em todo país.

Quase 1 milhão - Na Paraíba, 23 municípios, incluindo João Pessoa e Campina Grande, cujos eleitores também passam por recadastramento, usarão urnas biométricas nas eleições do próximo ano. Isso quer dizer que quase 1 milhão de paraibanos votarão pelo novo sistema.


www.folhadovali.com.br com ary ramalho

Missa e visita ao mausoléu marcam solenidade de 83 anos da morte de JP

Proramação já faz parte do calendário da Capital.

 Governo do Estado promove, nesta sexta-feira (26), as solenidades alusivas aos 83 anos de morte do presidente João Pessoa. A programaçãocomeça às 9h, com uma celebração eucarística na Igreja da Misericórdia, no Centro da Capital. Às 10h20, haverá uma solenidade cívica na Praça João Pessoa, e às 11h, visita ao mausoléu nos jardins do Palácio da Redenção.

Data: 26/07 (sexta-feira)
- Celebração Eucarística
Hora: 9h
Local: Igreja da Misericórdia - Av. Duque de Caxias, s/n – Centro – João Pessoa/PB

- Solenidade cívica
Hora: 10h20
Local: Praça João Pessoa – Centro

- Visita ao mausoléu
Hora: 11h
Local: Jardins do Palácio da Redenção – Centro


do wscom