Aprovada a lei que força diminuição na conta de água dos paraibanos A lei agora segue para a sanção do governador do Estado.

A Assembleia Legislativa aprovou nesta terça-feira (22) projeto de autoria do deputado Jutay Meneses (PRB) que garante aos paraibanos um pagamento mais justo de suas contas de água. De acordo com a proposta, fica a Cagepa obrigada a instalar um equipamento bloqueador de ar no hidrômetro dos usuários paraibanos, caso solicitem.
Segundo Meneses, o aparelho - colocado antes depois do medidor -irá evitar que bolsas de ar acionem a válvula de medição e continuem sendo contadas como água.
“Hoje, da forma que está, estamos pagando até pelo ar que chega às nossas torneiras. Uma conta rápida deixa claro o prejuízo: imaginemos que de 100% da água consumida em uma casa, 5% seja ar. Na hipótese de uma cobrança de R$ 100, R$ 5 seria pelo ar inútil que passa por nossos canos. Em um ano, veríamos R$ 60 literalmente jogado fora; mais da metade de uma conta do mês”, explicou Jutay.
Um detalhe destacado por Jutay mostra que o novo equipamento irá por um fim a essa cobrança injusta. Lembra ele que a taxa de esgoto é calculada em cima do valor de água consumido que, até a promulgação da lei, está sendo adulterada pela passagem do ar.
A lei agora segue para a sanção do governador do Estado.
Secom

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

CNM convoca gestores para mobilização no Congresso Nacional nos dias 7 e 8 de agosto

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.