Cícero afasta “qualquer chance” de aliança com Ricardo Coutinho

O senador voltou a defender a candidatura de Cássio Cunha Lima a governador pelo PSDB, em faixa própria.
Candidatura própria do PSDB, com o senador Cássio Cunha Lima candidato a governador da Paraíba. Essa é a única tese defendida pelo senador Cícero Lucena. O tucano descartou qualquer possibilidade de apoiar a candidatura de reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB). Segundo o parlamentar, é impossível estar no mesmo palanque com o socialista, que concorrerá à reeleição.
Senador paraibano Cícero Lucena (PSDB)

“Não há uma chance da gente ter essa possibilidade em 2014, de estarmos juntos”, afiançou o senador.As declarações foram dadas nessa segunda-feira (3) por Cícero Lucena, durante entrevista ao programa Rede Debate (RCTV da Net Digital).
Apesar de não apoiar a candidatura de reeleição do governador, o tucano não descartou a tese de aliança entre PSDB e PSB, desde que Cássio Cunha Lima encabece a chapa. “Eu defendo a candidatura própria com coligação”, afirmou.
“Eu sei que essa tese vai prevalecer (candidatura própria), pois temos que ouvir a população e o povo quer Cássio candidato. Com a candidatura própria, eu colocarei meu nome a candidato a senador e, quem sabe, assim repetir a chapa vitoriosa de 2006, em que Cássio foi eleito governador e eu senador”, declarou.
O senador afirmou ainda que não acredita que o governador irá procurá-lo para fazer o convite de apoio. “Quem faz política tem que estar aberto para todo e qualquer diálogo, mas obviamente que ele não vai me chamar porque é publica e notória minha defesa pela candidatura de Cássio”, explicou.
Cícero Lucena relembrou processos que teve que responder na chamada “Operação Confraria”. Segundo ele, todos as denúncias e dossiês foram “levam a assinatura de Ricardo Coutinho”. E acrescentou: “Sempre fomos adversários e nunca tivemos convivência”.

do portal correio

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

CNM convoca gestores para mobilização no Congresso Nacional nos dias 7 e 8 de agosto

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.