março 26, 2013

Edmilson Soares, Dunga e Branco ingressam à base aliada e Governo soma 18 deputados

De acordo com o líder da bancada da situação, Hervázio Bezerra passarão a integrar o grupo mais três deputados dos 15 que já declararam apoio.

Deputado estadual Edmilson Soares

As próximas votações na Assembleia Legislativa da Paraíba prometem ser disputadas voto a voto. Até a última apreciação das matérias na Casa Legislativa a oposição contava com a maioria dos deputados estaduais, mas o quadro deve se reverter e  situação e oposição contarão, cada, com a metade dos parlamentares. De acordo com o líder da bancada da situação, Hervázio Bezerra (PSDB), passarão a integrar o grupo mais três deputados dos 15 que já declararam apoio. Seriam eles: os deputados Branco Mendes (PEN), Carlos Dunga (PTB) e Edmilson Soares (PEN).
“Se nós tivermos alguma votação polêmica amanhã na Assembleia eu tenho a certeza e a convicção que nós teremos essa maioria consolidada”, declarou Hervázio. 

O tucano foi cauteloso ao revelar que o vice-presidente da ALPB, Edmilson Soares, irá reingressa ao grupo. De acordo com ele, o anúncio deverá ser feito pelo próprio parlamentar, mas deixou nas entrelinhas a confirmação do retorno dele aos aliados. “Com outro parlamentar, que eu deixo que ele anuncie, mas que se nós já tivermos votação esta semana ele vai votar favorável ao Governo e nós teríamos 18 votos. Se o presidente Ricardo Marcelo presidir, nós teremos a maioria suficiente”. 

Para ele, o anúncio do deputado Branco Mendes sobre a adesão ao grupo governista nesse fim de semana, significa apenas a volta do parlamentar à bancada. “Eu não contabilizo esse retorno como uma adesão a bancada, até porque desde que cheguei à Casa uma única vez o deputado votou contra o Governo. Houve, a bem da verdade alguns aranhões, mas já superados. Branco é um companheiro firme, legal e correto. Tenho certeza que ele marchará com conosco”.

O deputado Carlos Dunga tomou posse na ALPB na última semana assumindo o lugar do então deputado Genival Matias (PT do B). O parlamentar que perdeu o cargo para o petebista integrava a situação da Casa, mas conforme contou Hervázio Bezerra, o Governo não terá prejuízo com a ‘troca’ dos deputados. O tucano afirmou que nesta terça-feira (26), Carlos Dunga deverá se reunir em audiência com o governador Ricardo Coutinho (PSB).

“Com o deputado Carlos Dunga eu mantive conversas. Ele me pediu publicamente para agendar uma audiência dele com o governador. Nós sabemos que por sua história, por sua força política, que não precisa de qualquer intermediação. Ele fez essa provocação, no bom sentido e eu prometi que o governador Ricardo Coutinho irá atendê-lo no dia  e na hora que convier aos dois. (...). Pelo seu perfil e pela conversas, eu creio que ele integrará a base do Governo na Assembleia”. 

Os outros 15 deputados que já declararam apoio ao Governo do estado foram: Domiciano Cabral (PSDB), Iraê Lucena (PMDB), Tião Gomes (PSL), João Henrique (PTN), Antonio Mineral (PSDB), Assis Quintans (DEM), Eva Gouveia (PSD), Lea Toscano (PMDB), João Gonçalves (PEN), Juntahy Menezes (PRB), Doda de Tião(PPL), Lindolfo Pires (DEM), Gilma Germano (PPS), Márcio Roberto (PMDB) e o líder do Governo na ALPB, Hevárzio Bezerra (PSDB).

 do portal correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário