Pe. Djacy visitou pela 3ª vez obras do lote 7 do projeto de transposição do Rio São Francisco e se semostra revoltado com paralisação

O padre Djacy Brasileiro, símbolo da luta pela transposição do Rio São Francisco, visitou pela terceira vez as obras paralisadas do lote 7 do projeto de integração das águas do Velho Chico na região do município de São José de Piranhas, no Sertão da Paraíba. 
 
Durante inspeção ao trecho da obra o religioso afirmou que não encontrou ninguém trabalhado no local. “Posso confirmar com muita seriedade que, infelizmente, o referido lote está literalmente parado. Nada vi, a não ser somente abandono”, disse em tom de desabafo.
Ele relatou que ficou com um sentimento de revolta grande e muito chocado.  “Uma chama de pessimismo invadiu o meu ser. Como sertanejo, que clama por água, estou perdendo, aos poucos, o restinho da esperança”, declarou.
Em declarações, abaixo, o padre faz alguns questionamentos:
"Fui e vi. Agora pergunto: Ministro da Integração Nacional, cadê sua promessa de retomada dessas obras? Por que tanta demora? O que está acontecendo com esse lote? Qual a sua explicação para os doze milhões de nordestinos, que clamam pungentemente por água?
Dilma, por que o Nordeste é tratado dessa forma? Por que tanta insensibilidade diante da sede de milhões de irmãos nordestinos?
O Nordeste é ou não é Brasil?" (RadarSertanejo)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.

Wilson Santiago e Wilson Filho são recebidos por lideranças politicas em Ingá