Ricardo vai à Brasília nesta quinta para discutir seca na Paraíba

 
 Ricardo vai à Brasília nesta quinta para discutir seca na Paraíba
A audiência do governador Ricardo Coutinho com a ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, que estava agendada para esta quarta-feira (9), foi adiada para amanhã, quinta-feira (10), às 10h, em Brasília. A audiência foi remarcada devido a compromissos surgidos na agenda da ministra.

Na pauta da audiência está a liberação de recursos para o socorro às pessoas afetadas pela estiagem na Paraíba e a discussão sobre a adoção de um conjunto de ações na área de infraestrutura, que poderão resultar num PAC do Semiárido, a fim de resolver de forma definitiva os problemas ocasionados pela seca.

No entendimento de Ricardo Coutinho, esse momento de estiagem é propício para se investir em infraestrutura, já que, por mais assistência que se dê agora, as populações não ficarão preparadas para futuras estiagens. "Propus à presidente Dilma um conjunto de investimentos no semiárido, como abastecimento d'água, adutoras, saneamento básico. Inicialmente não houve uma posição, mas ela garantiu que iria dialogar com sua equipe de governo. Fiquei muito satisfeito porque a presidenta está levando a proposta em consideração e está tentando construir um PAC do Semiárido focado em ações estruturantes que em médio prazo resolvam de uma forma mais efetiva os efeitos da estiagem”, destacou o governador.

Situação de emergência- Ricardo manifestou sua preocupação com os efeitos da seca na Paraíba e nesta segunda-feira (7) decretou situação de emergência em 170 municípios afetados pelos efeitos da estiagem. Ele ressaltou que mais de 2,6 milhões de pessoas estão sendo atingidos pela seca na Paraíba e que o momento requer um esforço conjunto do governo federal, estadual e dos prefeitos.


Assessoria

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.

TERMO DE DOAÇÃO