PF suspeita que soda cáustica estaria sendo usada em leite de programa da FAC

A Polícia Federal suspeita que produtos químicos, a exemplo de soda cáustica, estariam sendo colocados, por empresários, no leite que é fornecido à Fundação de Ação Comunitária (FAC). Nesta quarta-feira (16), policiais federais e integrantes da Controladoria Geral da União (CGU) apreenderam cartões do Programa, além de amostras do leite para análise. Além do Programa Pão e Leite, as empresas forneciam para o comércio paraibano.

Durante coletiva de imprensa, a PF revelou que a ‘Operação Amaltéia’ foi deflagrada em 11 municípios paraibanos. Além de João Pessoa, policiais também estiveram atuando em Patos, Monteiro, Taperoá, Cajazeiras, Boa Vista, Cabedelo, Santa Luzia, Belém, Campina Grande e Sousa.

A operação que teve início desde o final do ano passado já havia analisado 173 amostras de leite e dessas, 66 estavam fora do padrão. A PF desconfia ainda que podem estar sendo colocados no leite, além da soda cáustica, outros produtos como barrilha e citrato.

As amostras do leite recolhidas nesta quarta serão encaminhadas para análise em um laboratório no Estado de Minas Gerais. Ao todo, 26 empresas fornecem leite para o programa da FAC, mas apenas 7 estão sendo investigadas.

Nessa operação, ninguém foi preso, mas caso se confirme a fraude os responsáveis podem ser enquadrados em crime de estelionato, falsidade ideológica e formação de quadrilha. Se condenados podem pegar até 21 anos de prisão.

Ao todo estão sendo cumpridos 22 mandados de busca e apreensão e 08 mandados de proibição de que investigados frequentem laticínios e órgão públicos. Um servidor estadual está afastado.

 Fonte: PoliticaPB

Comentários