abril 04, 2012

Quarta de trevas: após ser demitido por Agra, presidente do PSB agora articula desfiliação do prefeito da sigla

A novela protagonizada pelo prefeito de João Pessoa, Luciano Agra (PSB) e pelo presidente municipal da legenda na Capital, Ronaldo Barbosa, pode ganhar mais um capítulo nesta quarta-feira de trevas.

É que depois de Ronaldo Barbosa ter declarado em um programa de TV que ‘se dependesse dele, Luciano Agra não teria legenda para disputar a reeleição’, caso decidisse voltar atrás da decisão da renúncia e depois do prefeito da Capital ter reagido, demitindo Barbosa das funções no executivo municipal, o dirigente do partido agora estaria articulando uma suposta ‘tréplica’ – desfiliar Luciano Agra do PSB.

De acordo com informações obtidas com exclusividade pela reportagem do PB Agora, a relação entre Ronaldo Barbosa e Luciano Agra não anda nada amistosa. Uma das supostas alegações de Ronaldo Barbosa para efetivar o afastamento de Luciano Agra da legenda seria a insubordinação.

Há informações ainda de que o presidente da legenda estaria incomodado pelo fato do prefeito deixar viva a tese do ‘volta Agra’, despertando assim a esperança de alguns correligionários em minar a candidatura da Secretária Estelizabel Bezerra (PSB).

A reportagem do PB Agora tentou entrar em contato com o dirigente para confirmar as informações, mas o telefone do presidente estava fora de área ou desligado.


Redação do Pb agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário