Quarta de trevas: após ser demitido por Agra, presidente do PSB agora articula desfiliação do prefeito da sigla

A novela protagonizada pelo prefeito de João Pessoa, Luciano Agra (PSB) e pelo presidente municipal da legenda na Capital, Ronaldo Barbosa, pode ganhar mais um capítulo nesta quarta-feira de trevas.

É que depois de Ronaldo Barbosa ter declarado em um programa de TV que ‘se dependesse dele, Luciano Agra não teria legenda para disputar a reeleição’, caso decidisse voltar atrás da decisão da renúncia e depois do prefeito da Capital ter reagido, demitindo Barbosa das funções no executivo municipal, o dirigente do partido agora estaria articulando uma suposta ‘tréplica’ – desfiliar Luciano Agra do PSB.

De acordo com informações obtidas com exclusividade pela reportagem do PB Agora, a relação entre Ronaldo Barbosa e Luciano Agra não anda nada amistosa. Uma das supostas alegações de Ronaldo Barbosa para efetivar o afastamento de Luciano Agra da legenda seria a insubordinação.

Há informações ainda de que o presidente da legenda estaria incomodado pelo fato do prefeito deixar viva a tese do ‘volta Agra’, despertando assim a esperança de alguns correligionários em minar a candidatura da Secretária Estelizabel Bezerra (PSB).

A reportagem do PB Agora tentou entrar em contato com o dirigente para confirmar as informações, mas o telefone do presidente estava fora de área ou desligado.


Redação do Pb agora

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.

Wilson Santiago e Wilson Filho são recebidos por lideranças politicas em Ingá