abril 18, 2012

Estado convoca prefeitos para enfrentar seca

O governador Ricardo Coutinho (PSB) reuniu a equipe de governo para discutir estratégias que minimizem os efeitos da estiagem na Paraíba. Durante o encontro, no Palácio da Redenção, o governo do Estado decidiu convocar prefeitos de 191 municípios para uma reunião de trabalho.
O evento foi agendado para a próxima quinta-feira (26), no Espaço Cultural, em João Pessoa, e pretende discutir o Plano Estadual de Enfrentamento à Seca que, este ano, deve ser maior que a registrada nos anos de 2010 e 2011.
Os prefeitos deverão apresentar o levantamento dos poços artesianos, nos respectivos municípios, e listar os dessalinizadores que não estejam em funcionamento. O Governo pretende, em parceria com as prefeituras, construir propostas que serão inseridas no plano de enfrentamento à seca.
Na reunião, realizada na terça-feira (17), após analisar relatório da Defesa Civil sobre a situação dos poços e dos municípios abastecidos por carros pipas, e relatório da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) sobre o nível das barragens, o governador Ricardo Coutinho cobrou que as pastas envolvidas discutam ações de enfrentamento para questões como falta d´água, alimentação, Seguro Safra e preservação das plantações. "Estamos preocupados com o quadro de falta d´água e vamos definir ações e pleitos que serão levados ao ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra", destaca o governador.
Participaram da reunião representantes das secretarias de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Infraestrutura, Agricultura, Desenvolvimento Humano, Saúde, Defesa Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Aesa, Cagepa e DER.
Estiagem - O secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, João Azevedo, disse que a previsão de chuvas feita pela Aesa demonstra um cenário de preocupação que deverá ser enfrentado pelos três níveis de governo para que a população não sofra com a falta d'água.
Já o secretário de Infraestrutura, Efraim Morais, ressaltou a importância do envolvimento dos prefeitos para que o governo faça um relatório e encaminhe ao Ministério da Integração os pleitos e a quantidade de recursos necessária para que a Paraíba consiga se antecipar e minimizar ao máximo os efeitos da seca que se anuncia.
"Nossa preocupação não é só com o cidadão, mas também com a sobrevivência do rebanho. Por isso, estamos trabalhando na elaboração de um plano de enfrentamento que atenda as necessidades da nossa gente", completa Efraim.

Do portal correio com Secom/PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Dezembro Vermelho

Ao longo deste mês, prédios públicos em todo o Brasil ficarão iluminados de vermelho para marcar a luta contra a aids. Além da iluminação, ...