março 02, 2012

18 mulheres foram assassinadas em fevereiro; já são 22 em 2012



A violência contra a mulher está atingindo índices assustadores em 2012. Apenas no mês de fevereiro, 18 mulheres foram assassinadas na Paraíba. Nos primeiros 30 dias do ano, mais quatro foram vítimas da violência.

No ano passado, oito mulheres foram executadas nos dois primeiros meses do ano. A maioria dos crimes é cometido pelos próprios companheiros das vítimas.

Os números foram divulgados por Irene Marinho, coordenadora geral do Centro da Mulher 8 de março, localizado na rua Duque de Caxias, 59, centro de João Pessoa.

Apenas na noite desta quarta-feira (29) duas mulheres foram mortas. O primeiro caso aconteceu na cidade de Bayeux, na Grande João Pessoa. Após suspeitar de uma traição, o ex-companheiro da vítima a matou com mais de 20 facadas.

Já na cidade de São Bento, no Sertão da Paraíba, Maria Aparecida Hipólito do Nascimento, 19 anos, foi encontrada morta dentro de um terreno baldio que funciona como lixão. O corpo dela estava com perfurações de arma de fogo na cabeça e a polícia investiga se o crime está relacionado com o tráfico de drogas.

Um outro crime que chocou a população da Paraíba no mês de fevereiro foi o da moradora de rua identificada como Mariana - e conhecida como Pretinha.

O assassinato foi cometido no dia 23 de fevereiro de 2012 e teria sido motivado por uma dívida no valor de R$ 260. O corpo dela estava em um carro de mão e foi encontrado no bairro de Tambiá, na Capital paraibana.

Denúncias

Há várias formas de denunciar uma agressão. A Delegacia da Mulher é o principal ponto de apoio da mulher que é vítima da violência. O acusado pode ser enquadrado na Lei Maria da Penha e permanecer preso. A Delegacia da Mulher fica localizada na Avenida Dom Pedro I, 414, Centro de João Pessoa. Telefone: 3218-5316.

O Centro da Mulher 8 de Março também ajuda as mulheres vítimas da violência. A instituição fica localizada na Rua Duque de Caxias, 59, centro de João Pessoa. O telefone para contato é o 3241-8001.



Fonte: Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário