setembro 14, 2011

Coleta de leite humano em domicílio aumentou 75% no Banco de Leite Anita Cabral

A coleta mensal de leite humano em domicílio, feita pelo Centro Estadual de Referência para Bancos de Leite Humano Anita Cabral aumentou 75% desde janeiro deste ano. Até o final do ano passado, eram coletados, em média 40 litros de leite por mês, mas essa média saltou para 70 litros mensais. “Isso significa garantia de alimento para crianças prematuras ou internadas. São mais vidas salvas a cada dia”, disse a diretora geral do centro, Thaíse Ribeiro.

De acordo com os dados da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, do Ministério da Saúde (MS), no Centro de Referência Anita Cabral, localizado no Complexo de Saúde de Cruz das Armas, foram coletados 2.997,6 litros de leite humano, de janeiro a agosto do ano passado. No mesmo período deste ano, a quantidade subiu para 3.212 litros coletados.
Na Paraíba, são arrecadados, em média, 400 litros de leite por mês, com 300 mães doadoras. Contudo, por mês chegam a ser atendidas 400 crianças receptoras, que demandam aproximadamente 8 litros de leite por internação. Segundo Thaíse, isso significa que a coleta precisa aumentar aproximadamente 700% – o que será revertido gradativamente, com a abertura dos novos postos de coleta, ampliação do matriciamento, palestras de divulgação e ampliação dos serviços. “Nossa preocupação, no momento, é aumentar a quantidade de vidros para estocar o leite que está sendo coletado”, observou Thaíse Ribeiro.

Em todo o Estado há seis bancos de leite – dois em João Pessoa e um em Campina Grande, Guarabira, Patos e Cajazeiras – e 17 postos de coleta, sendo nove em João Pessoa, três em Campina Grande e um em Sousa, Bonito de Santa Fé, Solânea, Itabaiana e Santa Luzia. Os quatro últimos foram inaugurados no último mês de agosto, durante a Semana Mundial de Aleitamento Materno.

Podem doar leite as mães que estiverem amamentando e forem sadias. As mães interessadas em doar parte de seu leite podem entrar em contato com o Banco de Leite Anita Cabral pelo telefone 3215-6047, informando o endereço. Elas receberão a visita de uma equipe multidisciplinar, com pediatra, ginecologista e psicólogo.

“É bom lembrar que, ao contrário do que se pensa, a doação estimula a produção de mais leite para o bebê. Além disso, a doação muitas vezes é um alívio para as mães que produzem mais leite do que seu filho pode beber, livrando a mãe de incômodos como dores e inchaços”, argumentou Thaíse Ribeiro.

O Banco de Leite Humano Anita Cabral é responsável por apoiar, proteger e promover o Aleitamento Materno, além de executar a coleta do excedente de produção láctea da nutriz, processamento e controle de qualidade do leite humano ordenhado e posterior distribuição sob prescrição médica ou de nutricionistas.

Campanha de vidros – No próximo dia 10 de outubro, o Centro de Referência Anita Cabral vai realizar a abertura da Semana da Criança e lançar a ‘Campanha de Doação de Vidros’, que continua até o dia 30 do mesmo mês. A SES fará uma parceria com a Secretaria de Estado da Educação (SEE), para que os alunos e professores de todas as escolas se mobilizem para coleta de vidros.

Thaíse Ribeiro informou que o ideal é que sejam doados vidros de café solúvel ou maionese, com tampa de plástico rosqueável, porque podem ser esterilizados, reutilizados, suportam as baixas temperaturas de conservação do leite, choques de temperatura e correspondem às exigências de higiene sanitária. “Estamos buscando formas de mobilização nas escolas, como gincanas, por exemplo, para que seja arrecadada a maior quantidade de vidros”, disse Thaíse.

O evento de abertura da Semana da Criança vai começar com a doação de quatro mil vidros arrecadados pelo Colégio GEO ao Anita Cabral. O centro ainda vai receber a visita de alunos.

A SES está desenvolvendo o programa de fortalecimento da Rede Perinatal, que pretende, por meio de ações estratégicas, reforçar a rede pré-natal, de nascimento (parto) e puerpério (pós-parto e assistências nos cinco primeiros anos do bebê). O objetivo principal é diminuir a morte materna e infantil, que são dois dos objetivos de desenvolvimento do milênio estipulados pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Nenhum comentário:

Postar um comentário