Polícia Militar começa a formar Guarda Militar de Reserva

Militares que fazem parte da reserva remunerada e estão interessados em compor o quadro da segurança pública devem procurar a Ajudância do Quartel do Comando Geral para oficializar sua entrada na Guarda Militar da Reserva (GMR).

O chefe da Ajudância Geral da Polícia Militar da Paraíba, major Paulo Almeida da Silva, explica que a Guarda foi criada para oferecer uma ocupação qualificada na área de segurança aos policiais da reserva, que hoje se dedicam a atividades não regulamentadas para reforçar seus orçamentos familiares.

Encarregado de organizar os procedimentos burocráticos no processo de reinserção desses militares, a Guarda Militar de Reserva receberá oficiais e praças e entrará em operação não somente para realizar um trabalho complementar, mas também para contribuir com o processo de retomada de espírito público da segurança na Paraíba.

Vagas – Conforme o edital publicado no Boletim Interno da PM, a Guarda terá uma vaga para capitão, que será o comandante da nova Companhia, quatro vagas para tenentes (sendo uma vaga para a função de subcomandante e as demais para comandantes de pelotões) e 95 vagas para subtenentes, sargentos, cabos e soldados, totalizando 100 vagas.

Para ingressar na GMR, os interessados devem preencher os seguintes critérios: ter comportamento classificado, no mínimo, como bom, quando da passagem para a inatividade; não ter sido punido disciplinarmente ou penalmente na condição de agregado ou na reserva remunerada; ser considerado apto para o serviço ativo em exame de saúde procedido por Comissão de Inspeção de Saúde da Polícia Militar da Paraíba; estar em dia com suas obrigações eleitorais; não ter passado para inatividade na condição de incapacidade sanitária definitiva, entre outras exigências.




secom pb

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.

Wilson Santiago e Wilson Filho são recebidos por lideranças politicas em Ingá