agosto 22, 2011

Falta de perito no posto regional do INSS está prejudicando centenas de trabalhadores

Problema agravou-se nos últimos três meses, deixando centenas de segurados do Vale sem benefício previdenciário, segundo parlamentar mirim
Por Sousa Neto/Folha do Vale

O posto do INSS de Itaporanga atende à maioria dos municípios do Vale, mas a concessão de um dos benefícios previdenciários mais procurados da região, o auxílio doença, está prejudicada por falta de médico perito. A queixa é do vereador local José Valeriano, que vai denunciar o caso ao Ministério da Previdência. Um requerimento do parlamentar mirim, aprovado pelo legislativo nesse sábado, 20, solicita que a Câmara encaminhe ofício ao ministro, cobrando uma solução urgente para o problema, ou seja, a nomeação de peritos para o posto previdenciário.

Centenas de trabalhadores que procuram o posto do INSS para requerer auxílio doença ou aposentadoria por invalidez não estão conseguindo o benefício por falta de perito no órgão para comprovar a incapacidade laboral do segurado. “O trabalhador adoece ou sofre um acidente, o médico dá o atestado, mas a falta de perito no INSS faz com que o segurado não usufrua do seu direito ao benefício, comprometendo, inclusive, o sustento de sua família”, enfatizou Valeriano.

Ele disse ainda que a falta de peritos para cobrir a demanda suficientemente sempre foi um problema do posto regional, mas a questão, conforme o vereador, agravou-se ainda mais nos últimos três meses, deixando centenas de trabalhadores sem o benefício requerido. “Eu mesmo fui verificar in loco o problema, e a gente sente que os funcionários do posto ficam até constrangidos porque não podem fazer nada, pois tudo depende do Ministério da Previdência”, lamentou o parlamentar mirim. Foto (www.folhadovali.com.br): Valeriano redigiu documento cobrando a nomeação de peritos para o posto do INSS de Itaporanga.

do folha do vale

Nenhum comentário:

Postar um comentário