julho 06, 2011

Senado decide cortar supersalário de servidores

Justiça mandou a Casa ajustar a folha ao teto de R$ 26,7 mil


Depois da cobrança feita pela Justiça Federal no mês passado, o Senado decidiu cortar o supersalário de seus servidores para se ajustar ao teto de R$ 26,7 mil, correspondente ao salário dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal).

A diretoria-geral da Casa divulgou nota nesta manhã esclarecendo os procedimentos relacionados ao enquadramento no teto da remuneração. A nota informa que a decisão está respaldada em acórdão do TCU (Tribunal de Contas da União), publicado no Diário Oficial da União de ontem. Diz ainda que o acórdão é resultado de processo aberto em resposta à consulta feita pelo presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

Em março, o MPF (Ministério Público Federal) pediu à Justiça, em Brasília, que condene Sarney a devolver aos cofres públicos os valores que ganhou acima do teto nos últimos cinco anos. De acordo com o MP, o senador recebe por mês R$ 52 mil dos cofres públicos, quase o dobro do teto salarial imposto aos servidores e agentes públicos federais.


R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Dezembro Vermelho

Ao longo deste mês, prédios públicos em todo o Brasil ficarão iluminados de vermelho para marcar a luta contra a aids. Além da iluminação, ...