maio 19, 2011

Tomate ajuda na prevenção de doenças do coração e diminui colesterol


Pigmento encontrado no fruto tem propriedades antioxidantes vitais para saúde

Um estudo da Universidade de Adelaide, na Austrália, mostrou que o tomate pode ser uma alternativa eficaz à medicação para reduzir o colesterol e a pressão sanguínea, prevenindo assim doenças cardiovasculares.

O artigo publicado pela pesquisadora Karin Ried na revista internacional Maturitas revelou que o licopeno - pigmento vermelho chamado encontrado no tomate e, em menor medida, na melancia, goiaba, mamão, uva e rosa mosqueta - possui propriedades antioxidantes que são vitais para a saúde.

- Nosso estudo sugere que, se mais de 25 miligramas de licopeno for tomada diariamente, pode reduzir o colesterol em até 10%.

O tomate, em particular, tem altos níveis de licopeno, que é melhor absorvido em tomates processados e cozinhados ou na pasta de tomate do que fresco. E pode ainda ser usado como complemento alimentar se tomado em cápsulas.

- Isso é comparável ao efeito de baixas doses de medicamentos geralmente prescritos para pessoas com colesterol um pouco elevado, mas sem os efeitos colaterais dessas drogas, que podem incluir dores musculares e fraqueza e danos nos nervos.

Karin e Pedro Fakler, outro pesquisador participante do estudo, analisaram os resultados de 14 estudos coletivos nos últimos 55 anos para concluir sobre o efeito do licopeno sobre o colesterol e a pressão arterial.

- Pesquisas mostram que o consumo de licopeno tem sido associado com uma diminuição do risco de doença cardiovascular, incluindo artérias endurecidas, ataques cardíacos e derrames.


R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Dezembro Vermelho

Ao longo deste mês, prédios públicos em todo o Brasil ficarão iluminados de vermelho para marcar a luta contra a aids. Além da iluminação, ...