fevereiro 01, 2011

Abraham Lincoln é empossado na Presidência do TJ






Priorizar o processo de virtualização de todos os processos judiciais e a jurisdição de primeiro grau, bem como interiorizar a tecnologia da informação nas atividades judiciais são algumas das principais metas do novo presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Abraham Lincoln da Cunha Ramos, que tomou posse no cargo, na tarde desta terça-feira (1º).



Também foram empossados o vice-presidente, desembargador Leôncio Teixeira Câmara, e o corregedor-geral de Justiça, Nilo Luís Ramalho Vieira. O desembargador Abraham Lincoln é o 46º presidente da Corte e fará mandato de dois anos, em substituição ao desembargador Luiz Silvio Ramalho Júnior.


A cerimônia aconteceu no auditório “Desembargador Wilson Pessoa da Cunha”, localizado no Anexo Administrativo do Tribunal de Justiça, na Capital, e contou com a presença de autoridades, entre elas o governador do Estado, Ricardo Vieira Coutinho. Prestigiaram o evento, também, diversos políticos, desembargadores, magistrados, operadores do direito, servidores do Tribunal de Justiça e familiares dos empossados.

Em seu discurso de posse Lincoln enfatizou, ainda, que vai dar continuidade às boas práticas daqueles dirigentes que o precederam. No entanto, “uma nova Administração requer a promoção de ajustes necessários e a implementação de práticas de melhoramento”, destacou o novo presidente do TJPB.


Presidente - Natural de Mamanguape, o desembargador Abraham Lincoln da Cunha Ramos se formou, em 1977, no curso de Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Lincoln é filho do desembargador Miguel Levino, que também exerceu a Presidência da Corte no biênio 1987/1988, e de Olga Ramos, que foi fundadora e a primeira presidente da Associação das Esposas dos Magistrados e das Magistradas da Paraíba (Aemp).


Foi aprovado no concurso público para Promotor de Justiça em 1981 e ingressou na magistratura em 1982. Judicou nas comarcas de Esperança, Pombal, Bananeiras, Campina Grande e João Pessoa. Em 2000, Abraham Lincoln foi promovido, por merecimento, ao cargo de desembargador. Desde fevereiro de 2003, é presidente da Comissão de Divulgação e Jurisprudência da Revista do Foro.


No biênio 2006/2007, Abraham Lincoln foi presidente e vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), tendo comandado as eleições gerais no ano de 2006. Exerceu o cargo de corregedor-geral de Justiça, eleito para o biênio 2009/2010.



Da Ascom do TJPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Dezembro Vermelho

Ao longo deste mês, prédios públicos em todo o Brasil ficarão iluminados de vermelho para marcar a luta contra a aids. Além da iluminação, ...