janeiro 15, 2011

Estado prepara projeto para reordenamento do presídio do Róger





Setor de engenharia da secretaria fez estudos e concluiu a possibilidade de reordenamento do espaço físico da unidade do Róger

O secretário de Administração Penitenciária, José Alves Formiga, afirmou nesta sexta-feira (14), que estão sendo preparados projetos para manutenção e reordenamento das penitenciárias do Estado, entre elas a Penitenciária Desembargador Flósculo da Nóbrega, conhecida como Presídio do Róger.

O setor de engenharia da Secretaria fez estudos e concluiu a possibilidade de reordenamento do espaço físico da unidade do Róger. Também há projetos em tramitação para manutenção das penitenciárias, com soluções dos problemas de infraestrutura, não apenas no Presídio do Róger, em João Pessoa, mas em todos os presídios estaduais. Há longo prazo também estão sendo preparados projetos de construção de presídios e a implantação de pulseiras eletrônicas nos detentos da Paraíba.

No caso do Presídio do Róger, a sublotação será amenizada com o reordenamento de locação dos presos para outras unidades, não se fazendo necessário uma interdição imediata.

O secretário de Administração Penitenciária está com reunião marcada para a próxima semana com juízes de execução penal, Ministério Público e conselho penitenciário para discutir a administração penitenciária estadual.

CNJ quer desativar presídio

Ontem, o supervisor do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário, o conselheiro Walter Nunes, do Conselho Nacional de Justiça, que realiza um mutirão carcerário na Paraíba, disse que a superlotação e a sujeira, que assolam o presídio do Roger, deixam cerca de mil presos sem condições mínimas para o cumprimento da pena.

"Adiantamos que vamos sugerir a desativação do Presídio do Roger, que não tem condições de abrigar os mil presos (a capacidade atual é para 400 presos)", afirmou o conselheiro do CNJ.

do wscom

Nenhum comentário:

Postar um comentário