dezembro 16, 2010

TRE-PB confirma diplomação de Márcio Roberto, Domiciano, Genival e Santiago


Batinga, Dinaldo Wanderley e Cássio ficam sem mandatos

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) finalizou no início da noite desta quinta-feira (16) a retotalização dos votos das ultimas eleições estaduais na Paraíba e confirmou a diplomação dos deputados estaduais Márcio Roberto (PMDB), Domiciano Cabral (DEM) e Genival Mathias (PRTB).

Também foi confirmada a diplomação do senador Wilson Santiago (PMDB), que ficou com a vaga do ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB), que teve a candidatura barrada tanto pelo TRE-PB, quanto pelo TSE. Cássio recorreu ao STF e aguarda decisão da Corte, que só deve sair após o recesso forense.

A retotalização aconteceu por conta de decisões do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que decidiu deferir o registro de candidatura do deputado Marcio Roberto, que havia sido barrada pelo TRE-PB. Com a decisão em favor de Roberto, quem perdeu o mandato foi Carlos Batinga (PMDB), que foi para a primeira suplência.

A validação dos votos de Roberto também beneficiou o deputado Domiciano Cabral, que ficou no lugar de Genival Mathias. Mas, Mathias não ficou sem mandato, pois após perder a vaga para Domiciano, foi beneficiado pela não validação dos votos de Dinaldo Wanderley (PSDB) e ficará na AL.

“Com a decisão de não validar os votos de Dinaldo foi feito um re-cálculo e a Mathias ficará na Assembléia”, explicou a assessoria de imprensa do TRE-PB.

Dinaldo teve sua candidatura barrada pelo TRE-PB e na noite de hoje também pelo TSE.

Diplomação

A diplomação dos eleitos acontecerá nesta sexta-feira, 17, às 17h, no Auditório da Estação Cabo Branco de Ciência, Cultura e Artes, localizado na Avenida João Cirillo da Silva, S/N, no Altiplano Cabo Branco, em João Pessoa.

Serão diplomados 86 candidatos eleitos, considerando os 03 suplentes mais votados de cada partido ou coligação, portanto: 36 Deputados Estaduais e 21 suplentes; 12 Deputados Federais e 09 suplentes; 02 Senadores da República e 04 suplentes; o Governador e o Vice-governador do Estado.

A resolução 23.218/2010 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que discorre sobre os atos preparatórios das eleições de 2010, inclusive a diplomação dos eleitos, assegura que só serão diplomados os que estiverem apresentado o comprovante de reservista junto à Secretária Judiciária do TRE-PB.

Os diplomas serão assinados pelo presidente do TRE-PB, desembargador Genésio Gomes Pereira Filho.

Cristiano Teixeira

do wscom

Nenhum comentário:

Postar um comentário