TRE adia apreciação de processo contra Cássio Cunha Lima


O processo de Cássio Cunha Lima (PSDB) que ficou conhecido como o "Caso dos Envelopes Amarelos", durante a campanha eleitoral de 2006, e que seria julgado nesta segunda-feira (22), foi adiado no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) para o próximo dia 30.


O motivo da suspensão se dá pelo pedido do advogado do tucano, Luciano Pires, de incluir um novo advogado na ação: Eduardo Alckmin, do PSDB nacional, que vem de Brasília.

A ação tramita em segredo de justiça e trata de envelopes amarelos encontrados na véspera da eleição de 2006, que segundo a denúncia estava com dinheiro e material de campanha do então candidato à reeleição. O autor da denúncia é o Ministério Público Eleitoral.

Ainda na sessão desta quinta-feira também foi adiado um processo contra o deputado estadual Ricardo Barbosa (PSB), por infidelidade partidária. Ricardo Barbosa deixou o PSDB ingressando no PSB.







Do Mais PB

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.

TERMO DE DOAÇÃO