agosto 02, 2010

Promotor diz que Ficha Limpa pode estar com dias contados e que eleição será da 'bagunça'

O vice-diretor da escola do Judiciário do TSE, promotor Tales Tácito de Pontes, disse em entrevista ao repórter Écliton Monteiro, que foi ao ar no programa Correio Debate desta segunda-feira (2), que a Lei da Ficha Limpa pode estar com os dias contados, que esta eleição será da 'bagunça' e que o povo está preocupado mesmo é em comer.
Na opinião dele, a decisão do TSE em retroagir a nova lei vai gerar uma complicação, porque o povo vai votar e não vai saber quem vai assumir. Ele citou inclusive o caso da Paraíba, referindo-se ao ex-governador Cássio Cunha Lima.
Ele disse, ainda, que muitos que assinaram o abaixo assinado para a Lei, pelo Interior do País, não sabiam sequer do que se tratava e esse contingente está preocupado mesmo é em comer.
O procurador disse, ainda, que essa tentativa de moralização através da retroatividade da Lei pode levá-la a desaparecer, citando a opinião do ministro Gilmar Mendes que descordou da decisão de retroagir e cogitou a possibilidade dela deixar de existir, se chegar ao STF.
"O povo está preocupado em comer e não em quem é ficha limpa ou suja", disse o promotor.
Ele fez um alerta sobre as regras da Lei Ficha Limpa para os prefeitos que tiveram contas rejeitadas, pois podem deixar de ser julgados pelas Câmaras e sim pelos Tribunais de Conta. Esse ponto, na opinião de Thales Tácito, é um ponto muito importante da nova lei, que ninguém está discutindo.

do portal correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Dezembro Vermelho

Ao longo deste mês, prédios públicos em todo o Brasil ficarão iluminados de vermelho para marcar a luta contra a aids. Além da iluminação, ...