Vitta: ‘Ricardo está inelegível por ferir principios básicos da lei eleitoral’


Advogado diz que problemas foram gerados pelo próprio candidato




O advogado Roosevelt Vitta disse nesta sexta-feira, em entrevista exclusiva ao WSCOM, não ter dúvidas de que o candidato do PSB, Ricardo Coutinho, está inelegível para a disputa de 2010 por ter infringido obrigações básicas com a justiça eleitoral e, como conseqüência, precisa parar de responsabilizar outros por problemas gerados por ele próprio.
- O candidato Ricardo Coutinho está inelegível por ferir princípios básicos da lei eleitoral e não por interferência de seus opositores na disputa pelo Governo até porque nada têm a ver com os problemas gerados por ele – afirmou Roosevelt.
Conforme adiantou, “qualquer noviço em política sabe que para concorrer a algum cargo eletivo é fundamental que esteja quites com a justiça eleitoral, bem como, em caso de funcionário público, com a devida desincompatibilização do cargo – tudo previsto na lei”.
- Como ele não atendeu a esses pré-requisitos básicos por sua própria inabilidade esta inelegível, ou seja, não poderá concorrer o cargo a que se dispõe porque descumpriu a legislação eleitoral – reforçou Roosevelt Vitta.

AÇÃO CONTRA MARANHÃO – O advogado comentou ainda a ação impetrada pelo Jurídico do candidato Ricardo Coutinho pedindo a impugnação do candidato à reeleição, José Maranhão, por abuso de poder na fase prévia do registro de candidatura como “medida extemporânea e sem abrigo de nenhuma procedência”.
Segundo ele, “o governador cioso de suas responsabilidades sempre agiu dentro da lei, rigorosamente amparado na lei, portanto, o argumento de uso da máquina é descabido porque no exercício da política o governador procedeu como todos procedem respeitando as coalizões partidárias, ou seja, sempre governando com quem o apóia”.
Roosevelt disse que “nunca e em nenhum momento o governador incidiu em erros primários ou em descumprimentos da lei, por isso está na hora dessa gente deixar de hipocrisia e lembrar que em seus domínios adotam o mesmo procedimento de nomear em cargos comissionados quem os apóia porque faz parte das lides políticas”.


do wscom

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.

Wilson Santiago e Wilson Filho são recebidos por lideranças politicas em Ingá