Tribunal julga ações contra três prefeitos paraibanos na quarta-feira

Na sessão ordinária do Tribunal Pleno desta quarta-feira (9), os desembargadores julgarão 23 processos da pauta judiciária. Entre eles, constam uma Notícia-Crime envolvendo o prefeito do município de Boa Vista e duas Ações Penais contra os gestores de Santa Rita e Arara. A sessão terá início às 9h, no Plenário “Desembargador Manoel da Fonseca Xavier de Andrade”. Os trabalhos serão dirigidos pelo presidente do Poder Judiciário estadual, desembargador Luiz Silvio Ramalho Júnior.




O prefeito de Boa Vista, Edvan Pereira Leite, foi denunciado pelo Ministério Público estadual por conduta prevista no art. 89 da Lei 8.666/93, ou seja, dispensar ou inexigir licitação fora das hipóteses previstas em lei, ou deixar de observar as formalidades pertinentes à dispensa ou à inexigibilidade. O relator do processo é o desembargador Arnóbio Alves Teodósio.



Já o desembargador João Benedito da Silva é o relator da Ação Penal nº 999.2008.000765-4/001 interposta pelo MP contra o gestor do município de Santa Rita, Marcus Odilon Ribeiro Coutinho. Segundo relatório ministerial, em janeiro de 2005, ele firmou contrato com o IESPA – Instituto de Ensino Superior da Paraíba na qualidade de prefeito constitucional do Município de Santa Rita sem realização de qualquer procedimento licitatório prévio.



Outra Ação Penal nº 999.2007.000065-1/001, também da relatoria do desembargador João Benedito, tem como denunciado o prefeito de Arara, José Ernesto dos Santos Sobrinho. Ele é acusado de apropriação indébita de valor recebido em razão da profissão exercida.


Da ascom TJPB

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

CNM convoca gestores para mobilização no Congresso Nacional nos dias 7 e 8 de agosto

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.