Justiça denuncia Léa Toscano por improbidade

O juiz federal Rogério Roberto Gonçalves de Abreu acatou denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra a ex-prefeita de Guarabira, Léa Toscano, pré-candidata a deputada estadual pelo PSB e esposa do deputado estadual e presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa, Zenóbio Toscano (PSDB). Maria Hailéa Araújo Toscano, conhecida como Léa, foi prefeita entre 1997 e 2004.




O MPF acusou Léa Toscano de ter cometido ato de improbidade administrativa no período em foi prefeita de Guarabira. Na época, Léa Toscano, segundo o MPF, teria beneficiado seu marido (já deputado estadual) por meio do aluguel de um imóvel pertencente a ele. O pior é que o imóvel locado pela Prefeitura, quando Lea era prefeita, teve os aluguéis pagos com recursos federais

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

CNM convoca gestores para mobilização no Congresso Nacional nos dias 7 e 8 de agosto

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.