março 03, 2010

Wilson Braga vota pela aprovação da proposta que aumenta salários dos bombeiros e PM


O deputado federal Wilson Braga (PMDB/PB) votou nesta terça-feira (2), em primeiro turno, pela aprovação da PEC 446/09, oriunda do Senado, que remete a uma lei federal a definição de um piso remuneratório para os policiais civis e militares e bombeiros dos estados. As regras valem tanto para os servidores da ativa quanto para os inativos e pensionistas.
Braga, que tem se empenhado incansavelmente pela aprovação do aumento dos salários da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, convocou em inflamado discurso toda a bancada federal paraibana para votar favorável ao texto constitucional, numa demonstração de solidariedade e apoio à classe, melhorando significativamente a vida financeira de suas famílias.
O texto aprovado prevaleceu sobre o da PEC 300/08, que tomava como base os salários da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros do Distrito Federal. Os policiais terão, provisoriamente, um piso de R$ 3,5 mil.
A emenda aprovada foi assinada por vários partidos, semelhante à PEC original vinda do Senado. As principais diferenças são a diminuição do prazo para implementar o piso, que passa de um ano para 180 dias, bem como a previsão de um piso nacional provisório até que seja editada a lei.
“Os índices de criminalidade são mais intensos nos outros estados do País que o Distrito Federal, regiões onde a idoneidade física, parcial ou vital, de seus policiais militares, com muito mais razão, sempre estão em risco; não pela qualidade dos ilícitos perpetrados, senão pela quantidade e capacidade operacional dos meliantes”, afirmou Wilson Braga ao lado do líder do PMDB, deputado federal Henrique Eduardo Alves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário