fevereiro 24, 2010

Clima quente marca retorno dos trabalhos legislativos na ALPB

A primeira sessão na Assembleia Legislativa da Paraíba após o recesso do Carnaval 2010, realizada nesta terça-feira (23), contou com a participação de 26 deputados Estaduais, que protagonizaram debates acalorados entre situação e oposição.

Apesar do quórum, não houve votação de projetos na sessão de hoje, mas, muito bate-boca entre integrantes das bancadas. O deputado Ricardo Barbosa (PSB) único representante do partido de Ricardo Coutinho na assembleia, anunciou que estava abrindo uma série de denúncias contra o governador José Maranhão (PMDB), a quem acusou de ter divulgado ‘mentiras monumentais’ durante entrevista coletiva concedida na manhã da segunda-feira (22), no Palácio da Redenção.

O líder do governo, deputado peemedebista Gervásio Filho, minimizou os ataques afirmando que o discurso do socialista é típico de um parlamentar munido de desespero. Porém, o que mais irritou o líder Gervásio Filho foi ter que subir a tribuna para explicar a existência de uma lista que teria sido fotografada nas mãos dele com nomes de deputados do PMDB e confundida com uma lista de ‘mensalão’.

Durante seu discurso, o deputado revelou que se sentiu ofendido ao ser abordado por membros da imprensa que teriam fotografado a lista querendo explicações sobre a existência de um suposto ‘mensalão’.

‘Nós estávamos fazendo com as iniciais dos deputados, o quantitativo de votos, que, aliás, isso é rotina. Pois sempre que nós sentamos, nós colocamos os nomes de cada um dos deputados, fazemos uma previsão de cada um para que a partir daí a gente tenha uma idéia de quantos deputados cada legenda elege. E, era isso que nós estávamos fazendo ontem’, afirmou.

Para o deputado as acusações, que chegaram distorcidas, já que sequer existiam menções de valores nas anotações, soaram como uma ofensa a toda a bancada governista e a todos os deputados da Casa.

Gervásio Filho ainda afirmou que todos estão com a consciência tranqüila e que vão continuar fazendo ‘listinhas’ de modo a analisar a possibilidade de votos que a agremiação peemedebista poderá alcançar nas próximas eleições.


Adriana Costa com Nelma Figueiredo da TV CORREIO do portal correio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário