julho 13, 2009

Confirmado: Lula adia visita a Pombal marcada para o dia 17; pré-agenda marca dia 28

A Presidência da Republica confirmou nesta segunda-feira, 13, que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, não vem mais a Paraíba no próximo dia 17, onde estava programa sua visita a cidade de Pombal para inauguração do Campus da Universidade Federal de Campina Grande. Lula participaria ainda de festejos comemorativos aos 311 anos de fundação da cidade.

A visita de Lula esta sendo pleiteada pela prefeita Polyana Feitosa (PT), e uma pré-agenda do gabinete da presidência já marca uma nova data que seria no próximo dia 28 de julho.

Porém esta data ainda não esta confirmada e existe a informação que a vinda de Lula a Pombal só seria possível no mês de outubro.
O motivo para o adiamento da visita de Lula a Paraíba não foi informado.

do wscom

Manoel Júnior pode deixar PSB pelo PMDB

O deputado federal Manoel Júnior (PSB) disse em entrevista ao repórter Lenilson Guedes, do programa Correio Debate, da Correio Sat, desta segunda-feira (13) que poderá deixar o seu partido pelo PMDB.

Manoel Júnior recebeu a garantia do presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, de que está liberado para sair do partido, caso o prefeito Ricardo Coutinho se alie ao ex-governador do Estado, Cássio Cunha Lima.

O deputado declarou que não tem vontade de deixar o PSB, mas com a possibilidade da aliança Ricardo/Cássio não lhe restará outra alternativa.

do portal correio

Diretor do Presídio do Róger é afastado do cargo

O diretor do Presídio do Róger, em João Pessoa, Dinamérico Cardim, foi afastado do cargo nesta segunda-feira (13). O afastamento foi noticiado no início da tarde de hoje no programa Correio Debate, da Rádio 98/FM.

O afastamento foi determinado pelo secretário de Administração Penitenciária do Governo do Estado, Roosevelt Vita. Dinamérico Dardim é acusado de praticar torturas em presos, segundo denúncia das mulheres das próprias mulheres dos apenados.

Elas se queixaram ao secretário que, além da prática de torturas, o diretor do presídio ainda suspendeu as visitas de familiares por um período de trinta dias.

O afastamento é temporário, até que as denúncias sejam apuradas rigorosamente.