novembro 17, 2009

Ciro diz que retira candidatura se Aécio for candidato

O deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) disse nesta terça-feira (17) que uma eventual candidatura dele à Presidência da República não será “necessária” caso o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), dispute o cargo em 2010. Os dois presidenciáveis se encontraram em Belo Horizonte nesta terça.

“Se o governador Aécio Neves se viabilizar candidato a presidente da República, penso que sua presença é tão importante para o Brasil que a minha candidatura não é necessária mais”, afirmou. Questionado sobre se seria vice de Aécio ele afirmou, no entanto, que essa decisão caberia a seu partido, o PSB.
Ciro também é cotado para disputar o governo de São Paulo em uma eventual aliança com o PT e com outros partidos aliados ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O partido dele, o PSB, faz parte da base do governo.

O parlamentar afirmou que o governador mineiro encerra um “provincianismo”. “O Aécio pode convocar todos os brasileiros, decentes, de todos os partidos, que é como ele faz em Minas Gerais e celebrar um projeto de país, que dê avanço ao que o presidente Lula representou.” O parlamentar fez a ressalva, no entanto, de que a decisão de se candidatar ou não caberá a seu partido, o PSB.


'Amigo de uma vida'
'Amigo de uma vida'

Aécio se referiu a Ciro Gomes como “amigo de uma vida” e afirmou que seria “extraordinário” se os dois estivessem juntos na política.

“Na política, como eu disse, se pudéssemos estar juntos, para mim seria extraordinário. Se não pudermos, nós não deixaremos de ter afinidades. Essas afinidades não se perdem em razão de circunstâncias políticas ou partidárias que criem limitações".Ele disse ainda que os dois iriam conversar sobre o processo eleitoral. “Temos ambos esse compromisso, entre nós, de estarmos avaliando todas as possibilidades.”

'Neto do Trancedo'

O governador de Minas Gerais voltou a dizer que espera uma definição do PSDB sobre a candidatura à Presidência até o início do ano. Ele disputa com o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), a indicação do partido para disputar o Palácio do Planalto.

Questionado sobre como Aécio poderia “barrar” uma candidatura de Serra, Ciro afirmou: “Isso não sei, ele é que sabe. O neto do Tancredo Neves não vai receber lição de ninguém.”

do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário