outubro 15, 2009

Maranhão traz recado de Lula à PB: ‘Transposição agora é realidade’


Após encontro com o presidente Luis Inácio Lula da Silva, no município pernambucano de Arcoverde, o governador José Maranhão retornou à Paraíba com uma incumbência: divulgar aos paraibanos a notícia dada por Lula de que, “a partir de agora, a Transposição do Rio São Francisco é uma realidade”.

Lula, Maranhão e outras autoridades visitaram nesta quarta-feira as obras de um dos lotes do Eixo Leste das obras de transposição, localizado entre os municípios pernambucanos de Sertânia e Custódia.

O governador paraibano esteve acompanhado todo o tempo da ministra Dilma Rousseff ( Casa Civil), do governador Eduardo Campos (PSB), de Pernambuco, e do senador Ciro Gomes (PSB-CE). O secretário de Recursos Hídricos da Paraíba, Francisco Sarmento, o assessor do governador Idácio Souto e o ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira, também estavam na comitiva.

Geddel Vieira afirmou que, com relação a Paraíba, “está tudo bem”. O ministro garantiu que o Estado será beneficiado com a inauguração do Eixo Leste ainda em 2010. Ele informou que até o final deste ano as obras deverão gerar aproximadamente 10 mil empregos. “Esta obra está mudando a realidade do Nordeste”, ressaltou Geddel.

Maranhão afirmou que a obra é um sonho de gerações. “De gerações de muitos paraibanos e nordestinos”, afirmou após o término da inspeção das obras do Lote 11, um dos trechos mais adiantados do Eixo Leste, e que deve ficar pronto em quatro meses. A expectativa do presidente é que as obras do Eixo Leste fiquem prontas até o próximo ano e as do Eixo Norte, até 2012.

As obras da transposição estão orçadas em mais de R$ 6 bilhões e beneficiarão aproximadamente 12 milhões de pessoas nos Estados da Paraíba, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Ceará.

Nesta quinta-feira, a comitiva assiste exposição dos projetos estruturais elaborados pelo Ministério da Integração Nacional, às 9h, e depois visita os canteiros de obra da tomada d´água do Eixo Leste, em Floresta, Pernambuco.


do wscom

Um comentário:

  1. É muito bom ter-mos uma obra deste porte, mais é uma pena que os pobres agricultores só terá água pra tomar banho uma coisa que eles fazem com precariedade mais fazem, os todo poderosos ja estão se instalando e espussando os pobres com migalhas pra usufluirem da água como se dela só eles precisem, deputados senadores e grandes latifundiários já se organiza para fazerem terras hoje assoladas OURO em pó é uma pena!

    ResponderExcluir