outubro 22, 2009

Maranhão: greve dos policiais é legítima, mas o Estado não tem como atender pleitos

O Governador da Paraíba, José Maranhão (PMDB) declarou na tarde desta quinta-feira (22), em entrevista ao programa Correio Debate, da Rádio 98/FM, que as reivindicações dos agentes e delegados de polícia são legítimas.

Anotou, no entanto, que não se pode ignorar que o atendimento aos pleitos está condicionado à lei e à situação financeira do Estado.

Na entrevista que concedeu por telefone, de Brasília, o governador José Maranhão acenou com a possibilidade de serem atendidos os pleitos a partir do próximo ano, quando a situação terá melhorado.

Sobre a greve o governador comentou: “Acho legítima a reivindicação dos delegados e agentes, porque policiais precisam ser bem remunerados para se empenhar mais na espinhosa missão, mas tudo isso tem que ser condicionado à lei e à situação financeira do Estado. Não é devido a ninguém ignorar a situação”.

Para fundamentar as suas alegações de impossibilidade de o Estado atender aos pleitos dos policiais, José Maranhão lembrou que encontrou um Estado “totalmente destroçado, além de 31 planos de cargos e salários que todo mês comprometem a folha de pagamento”. Por conta deles e da queda de arrecadação, temos um prejuízo de 286 milhões,de fevereiro a junho, acrescentou Maranhã
do portalcorrreio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Dezembro Vermelho

Ao longo deste mês, prédios públicos em todo o Brasil ficarão iluminados de vermelho para marcar a luta contra a aids. Além da iluminação, ...