setembro 02, 2009

Não tem jeito: Manoel Júnior diz que chance de deixar PSB é de 99%; PSB quer mandato na Justiça


O deputado federal Manoel Júnior (PSB), um dos insatisfeitos com os rumos do partido, afirmou nesta manhã ao Portal WSCOM Online que não tem jeito: suas chances de desfiliar-se são de 99%, após a conversa que teve nesta terça-feira com o presidente nacional do partido, o governador pernambucano Eduardo Campos.

Manoel Júnior, que esteve com Campos até às 23h, afirmou que mesmo com o indicativo do governador de conversar nas próximas 72 horas com o prefeito Ricardo Coutinho (PSB), decidiu deixar o partido, motivado por falta de diálogo com Coutinho e pela insatisfação de ver o partido se aliar ao PSDB do ex-governador Cássio Cunha Lima.

“Ricardo já optou por uma composição com Cássio, com divergências dos deputados. Então não há motivo para permanecer no PSB”, disse Manoel Júnior, reforçando que teria sido liberado por Eduardo Campos para mudar de partido sem perder o mandato na Câmara Federal. O mesmo aconteceria com o seu colega de bancada Marcondes Gadelha.

O vice-presidente do PSB na Paraíba, o secretário Edvaldo Rosas (Articulação Política), afirmou que o PSB pode ir buscar, na Justiça, o direito do PSB em deter os mandatos dos deputados que deixarem o partido, amparando-se na regra da infidelidade partidária.


do wscom

Nenhum comentário:

Postar um comentário