Maranhão abre desfile cívico-militar em comemoração à Independência


O governador José Maranhão abriu na manhã desta segunda-feira (7), o desfile cívico-militar em comemoração à Independência do Brasil, ma Avenida Duarte da Silveira, em João Pessoa.

Ele chegou ao local acompanhado do general de brigada Vicente Magalhães, comandante da Guarnição Federal da Paraíba; do comandante da Polícia Militar, coronel Wilde Monteiro, e outras autoridades civis e militares, após passar a tropa em revista na Avenida Pedro II.

Em seguida, Maranhão hasteou o Pavilhão Nacional, enquanto que o general Magalhães a Bandeira da Paraíba e a primeira dama do Estado, desembargadora Fátima Bezerra Cavalcante, a bandeira do Município de João Pessoa. Depois, o chefe do Executivo cumprimentou as autoridades e se dirigiu para o palanque oficial, armado no pátio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

Ao chegar, o governador concedeu entrevista e considerou a data como a mais importante para o Brasil, salientando a necessidade da Paraíba continuar crescendo e disse que “isso nos daria coragem para vencer as dificuldades que encontrarmos ao longo do mandato”.
O desfile foi iniciado por tanques de guerra do Exército. Em seguida, começaram as apresentações de vários educandários de ensino público e particular, como também órgãos estaduais, autarquias e entidades civis. Como já é tradição, o desfile das tropas militares (Exército, Marinha e Polícia Militar) chamou a atenção do público. Após o término dessa parte da programação, houve a extinção do ‘Fogo Simbólico da Pátria’.
A Semana da Pátria na Capital começou na terça-feira (1º), com a abertura pelo vice-governador Luciano Cartaxo, em frente ao Palácio da Redenção, quando foi hasteado o do Pavilhão Nacional, houve a apresentação da Banda de Música da Policia Militar, grupos folclóricos e acendimento do fogo simbólico da Pátria, que foi conduzido pelas ruas centrais da cidade.

secom

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

CNM convoca gestores para mobilização no Congresso Nacional nos dias 7 e 8 de agosto

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.