Irregularidades no projeto do Porto de Cabedelo são do governo anterior, revela secretário


O secretário de Infra-Estrutura do Estado Francisco Sarmento disse nesta sexta-feira (4) que o projeto para a recuperação do Porto de Cabedelo foi elaborado na gestão do ex-governador Cássio Cunha Lima e que as irregularidades encontradas no projeto pelo Tribunal de Contas da União (TCU) são por conta de sobrepreço na obra.

"Este é mais um projeto da administração anterior que estava incompleto e com indícios de sobrepreço na parte de obrigações trabalhistas", disse o secretário fazendo referência ao projeto de construção do Centro de Convenções da Capital, que também foi revogado pelo TCU e só depois de correções foi autorizado.

Sarmento concedeu entrevista por telefone na manhã de hoje ao programa Correio da Manhã, da Correio Sat.

O secretário revelou que há 30 dias já tinha conhecimento sobre as irregularidades das obras do Porto, tanto que ele e o governador Maranhão estiveram em Brasília essa semana onde participaram de encontros com o ministro da Secretaria Especial dos Portos Pedro Brito e o secretário de Planejamento do órgão para tratar desse assunto.

Além das irregularidades no projeto no que diz respeito aos preços, Sarmento revelou que não há licença ambiental para a obra e nem um estudo de viabilidade econômica que justifique a revitalização do Porto.

O secretário espera que as complementações do projeto sejam feitas até o final do mês e que seja aprovada pelo TCU ainda em outubro, para que o Governo do Estado possa dar prosseguimento ao processo.

do portal correio

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

CNM convoca gestores para mobilização no Congresso Nacional nos dias 7 e 8 de agosto

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.