setembro 18, 2009

Em solenidade prestigiada no TJ, Lúcia Braga lança livro


A ex-deputada e atual presidente da Fundação de Ação Comunitária (FAC) Lúcia Braga (PMDB), lançou no final da tarde de ontem no salão nobre do Tribunal de Justiça, o livro “A Casa da Palmeira”. A solenidade de lançamento foi bastante prestigiada e contou com a presença do presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Nilo Ramalho, da vice-presidente do TJ e 1ª dama do estado, desembargadora Fátima Bezerra, além de diversas outras autoridades do meio político, jurídico e empresarial.

A autora falou com a reportagem antes do lançamento e mostrou entusiasmo ao refletir sobre a obra. “É um livro que não tem pretensões de escritor, mas de fazer uma reminiscência de milha família e trazer alguns fatos históricos da época da Revolução de 30, da qual minha família teve participação ativa”, declarou.

Braga traz no livro a copia do acórdão escrito e assinado por seu avô, o desembargador Vasco Toledo, em que abolia a lei das porteiras. “A partir daquela data ninguém mais pagava pedágio para passar pelas cancelas que existiam em determinados lugares da cidade. Por causa disso, minha família foi perseguida”, disse.

O livro traz muitas fotos e documentos que retratam a historia da família Toledo. A apresentação é da pesquisadora Yolanda Fernandes, amiga de infância de Braga, e a orelha é do jornalista e escritor Gonzaga Rodrigues.

O lançamento contou ainda com as presenças das deputadas Olenka Maranhão, Iraê Lucena, o ex-deputado Benjamim Maranhão, o coordenador d Funasa na Paraíba, Álvaro Neto, o diretor executivo da Funasa, Fábio Arruda e o deputado federal Wilson Braga, marido da autora.
do wscom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Dezembro Vermelho

Ao longo deste mês, prédios públicos em todo o Brasil ficarão iluminados de vermelho para marcar a luta contra a aids. Além da iluminação, ...