agosto 13, 2009

Paraibana morre de gripe A em SP

Uma paraibana natural de Patos morreu no último sábado no estado de São Paulo com suspeita de Influenza A-H1N1. Francisca Lídia Mamede dos Santos, 20, estava gestante de cinco meses e morava naquele estado há mais de quatro meses.

A secretaria de Saúde do Estado de São Paulo ainda não recebeu confirmação de que a jovem teria morrido por causa da nova gripe, mas o diretor Geraldo Ramos, do Hospital Regional Sul, onde ela ficou internada por quase uma semana no município de Santo Amaro, informou que a doença já teria sido confirmada desde a última segunda-feira.

Lídia era moradora do distrito de Santa Gertrude, em Patos. Parentes da jovem, que não quiseram se identificar, disseram que a jovem já viajou para o Sudeste do país com uma leve gripe.

“Assim que ela casou foi morar lá onde o marido dela já morava. Mas ela sempre tinha problema de garganta. Ia fazer cinco meses que ela estava lá”, disse a irmã de Lídia. Familiares ainda estão transtornados com o caso.

O médico Geraldo Ramos contou que a jovem chegou ao Hospital Regional Sul transferida de outro hospital.

“Ela chegou no dia 3 deste mês apresentando problemas com a gravidez, com sangramento. No dia seguinte, ela começou a apresentar problemas respiratórios, sentindo falta de ar. Foi então que solicitamos a coleta de exames e aplicamos uma dose da medicação Tamiflu. Mas no decorrer da semana seu estado de saúde foi se complicando até chegar numa broncopneumonia e falecer no sábado, dia 8, às 23h. Confirmamos nesta segunda-feira que ela morreu por causa da Influenza A-H1N1”, explicou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário