Nilo Ramalho dará parecer sobre o 'Caso Guilherme Almeida" na segunda

O desembargador Nilo Ramalho entrega na próxima segunda-feira (17), à Secretaria Judiciária do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) o seu parecer sobre o pedido de justa causa para sair do PSB feito pelo deputado estadual Guilherme Almeida.

De acordo com reportagem feita por Heron Cid para o programa Correio Debate, da Rádio 98/FM (Rede Correio Sat), Guilherme Almeida pede à Justiça Eleitoral o direito de sair do PSB, sem perda do mandato de deputado.

Alegou que tem sido perseguido e disse ter provas robustas como uma resolução forjada pelo Diretório Estadual do Partido, em João Pessoa, e adulteração de atas de reunião da Executiva.

O passo seguinte à entrega do parecer do desembargador, que é relator do processo e vice-presidente do TRE, será a Secretaria Judiciária por em pauta e marcar a data de julgamento do processo.

Faltando poucos dias para o desfecho da questão, o deputado Guilherme Almeida se diz confiante: "Estou tranquilo com a minha consciência. Quem analisar o processo vai ver que as provas são irrefutáveis, documentais testemunhais. Foi realmente forjada uma resolução e uma ata com o intuito de me prejudicar e prejudicar os deputados que assumissem qualquer posto no Governo Maranhão".

Em razão da consistências das protas documentais e testemunhas que apresentou aos autos do processo, o deputado Guilherme Almeida disse que está absoutamente tranquilo de que a Justiça atenderá ao seju pleito.

Confiante em que será vencedor desta causa, o deputado Guilherme Almeida antecipou que vai ingressar num partido da base politicamente aliada ao governador José Maranhão.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.

Wilson Santiago e Wilson Filho são recebidos por lideranças politicas em Ingá