agosto 15, 2009

Nilo Ramalho dará parecer sobre o 'Caso Guilherme Almeida" na segunda

O desembargador Nilo Ramalho entrega na próxima segunda-feira (17), à Secretaria Judiciária do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) o seu parecer sobre o pedido de justa causa para sair do PSB feito pelo deputado estadual Guilherme Almeida.

De acordo com reportagem feita por Heron Cid para o programa Correio Debate, da Rádio 98/FM (Rede Correio Sat), Guilherme Almeida pede à Justiça Eleitoral o direito de sair do PSB, sem perda do mandato de deputado.

Alegou que tem sido perseguido e disse ter provas robustas como uma resolução forjada pelo Diretório Estadual do Partido, em João Pessoa, e adulteração de atas de reunião da Executiva.

O passo seguinte à entrega do parecer do desembargador, que é relator do processo e vice-presidente do TRE, será a Secretaria Judiciária por em pauta e marcar a data de julgamento do processo.

Faltando poucos dias para o desfecho da questão, o deputado Guilherme Almeida se diz confiante: "Estou tranquilo com a minha consciência. Quem analisar o processo vai ver que as provas são irrefutáveis, documentais testemunhais. Foi realmente forjada uma resolução e uma ata com o intuito de me prejudicar e prejudicar os deputados que assumissem qualquer posto no Governo Maranhão".

Em razão da consistências das protas documentais e testemunhas que apresentou aos autos do processo, o deputado Guilherme Almeida disse que está absoutamente tranquilo de que a Justiça atenderá ao seju pleito.

Confiante em que será vencedor desta causa, o deputado Guilherme Almeida antecipou que vai ingressar num partido da base politicamente aliada ao governador José Maranhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário