agosto 29, 2009

Ex pref. Alexandre Braga Participou ontem de Reunião em CG de "nanicos"para blocão em 2010.


Os chamados partidos nanicos reuniram-se ontem na Câmara de Vereadores de Campina Grande, às 19:30 horas, para definir nomes para o pleito de 2010. O bloco dos esquecidos – denominação encontrada para classificar políticos sem mandatos – vão formar um blocão com as siglas do PRB, PMN, PSL, PRTB e PTN – para emplacar, em chapa proporcional, o maior número de deputados federais e estaduais nas eleições do ano que vem. A promessa é de ofuscar o brilho e o desempenho das chamadas grandes agremiações nas eleições de outubro de 2010. “São nomes de peso da política paraibana que estão sem mandato e por isso não são lembrados na atual conjuntura”, revelou com certa mágoa o ex-vereador pessoense, Marconi Paiva um dos mentores desse arco de aliança.

Maconi Paiva lembra que a experiência - bem sucedida - já foi posta em prática no pleito de l996, quando os chamados partido ‘nanicos’ conseguiram eleger seis vereadores na Capital. “Vamos reeditar essa experiência” revela. Para o ex-vereador também de João Pessoa, Aníbal Marcolino, o grupo tem nomes de pesos a exemplo dos ex-deputados Tião Gomes, Robson Dutra, Ariano Fernandes, Nadja Palitot. Há também o ex-prefeito da cidade de Conceição Alexandre Braga (foto) e outros que foram candidatos no ano passado. Segundo Marcolino, muitos outros estão “babando” para fazer parte do “bloco dos esquecidos”, mas vão ter que ser submetidos a avaliação de uma comissão composta por Marconi Paiva, Tião Gomes, Tito, Alexandre Braga, Nadja Palitot, Robson Dutra e Aníbal Marcolino. “Na triagem muitos vão sobrar” avalia.
Ainda de acordo com Marcolino, ainda não se discute nomes que o ‘blocão dos nanicos’ deve apoiar para a sucessão estadual. “Olha 50% dos que estão aqui tendem a apoiar o governador José Maranhão (PMDB), os outros 50% são partidários da candidatura do senador Cícero Lucena (PSDB)” disse ao garantir que o nome do prefeito de João Pessoa sequer é mencionado. Aníbal Marcolino garante que a discussão sobre o apoio do postulante ao Palácio da Redenção será efetuada só em março do ano que vem. “Já a definição dos nomes que vão concorrer ao legislativo o martelo será batido no próximo encontro do bloco em meados de setembro”, diz.

do blog rpscom

Nenhum comentário:

Postar um comentário