UBAM convoca os Prefeitos para a XII Marcha em Brasília

A União Brasileira de Municípios(UBAM) enviou hoje documento para todos os Municípios brasileiros, ressaltando a importância de uma participação maciça dos Prefeitos durante a 12ª Marcha organizada pela Confederação Nacional dos Municípios(CNM), nos dias 14, 15 e 16 de julho de 2009, no Brasília Alvorada Hotel.
O evento já conta quase três mil inscritos, entre eles, Prefeitos e secretários, além de várias lideranças municipalistas. É o que informa o presidente da UBAM, Leonardo Santana.
Para Leonardo, esse é o momento mais delicado que os Municípios atravessam, os quais vêm registrando uma acentuada baixa na sua capacidade de gestão, tornando quase impossível a governabilidade, por conta da escassez de recursos e o aumento de responsabilidades.
Ele disse que os Prefeitos não aceitam mais a demora na aprovação de projetos de interesse dos Municípios, reformas que continuam paradas no Congresso Nacional, a exemplo do projeto da reforma tributária, da reforma da previdência e outras propostas que visam a reformulação e respeito ao pacto federativo.
Leonardo lamentou a falta de compromisso dos Deputados e Senadores para a regulamentação da Emenda 29, cujo texto foi aprovado em 2008 pelo Senado, porém continua emperrada na Câmara dos Deputados.
“Isso é uma falta de compromisso com o municipalismo, pois Emenda 29, que tramita no Congresso desde o ano 2006, uma vez regulamentada e entrando em vigor, garantiria aos municípios mais R$ 20 bilhões para os programas de saúde, evidenciando uma melhoria significativa no setor e atenuando o caos em que se encontra a saúde pública no Brasil”. Disse Leonardo.
“A Reforma Tributária já está sendo discutida há quase 11 anos, porém nunca vai ao plenário para sua aprovação. E o que acontece é a continuação de uma partilha desigual dos tributos, os quais são arrecadados nos Municípios, porém sua maior parte serve para os programas e vontades do poder central”.Leonardo defende que essas e outras propostas sejam debatidas durante a Marcha e que o evento possa contar com a participação dos parlamentares.“Acho que todos os Prefeitos do Brasil deveriam comparecer a Marcha, como forma de fortalecer o movimento municipalista, além de aproveitarem esses dias para a tramitação das solicitações dos Municípios junto aos Ministérios”. Finalizou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

CNM convoca gestores para mobilização no Congresso Nacional nos dias 7 e 8 de agosto

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.