julho 09, 2009

Pacto Nacional de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher é debatido


As primeiras ações para a adesão do Pacto Nacional de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher, que será assinado entre o Estado e o governo Federal no dia 23 deste mês, foram discutidas durante reunião nesta quarta-feira (8), no Palácio da Redenção.

A reunião foi realizada pela Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres e a Casa Civil e contou com a presença da Subsecretaria de Enfrentamento à Violência, Kátia Guimarães, e representantes de todas as secretarias e órgãos do Estado.

A Coordenadora de Políticas Públicas para Mulheres, Douraci Vieira, disse que foram discutidos com os órgãos gestores do Estado ações de combate à violência contra as mulheres, através da implantação de políticas públicas.

“Esse foi o primeiro passo para organizar e estruturar a adesão ao Pacto que o governador e a ministra da Secretaria Especial de Políticas para Mulheres, Nilcéia Freire, irão assinar no dia 23, às 15h, no Palácio da Redenção”, acrescentou Douraci.

Kátia Guimarães explicou qual o papel da Secretaria de Políticas para Mulheres no governo federal e a importância da Paraíba na adesão do Pacto que poderá realizar um trabalho de prevenção e acolhimento à pessoa vítima de violência.

O secretário da Casa Civil, José Ricardo Porto, informou que a Coordenadoria de Políticas para Mulheres está ligada a sua secretaria e foi criada com a finalidade de proteger a mulher contra violência, contra os abusos sexuais e dar condições para que essas pessoas possam ter uma vida digna. “Esse foi um compromisso assumido pelo governador durante sua campanha, valorizar a mulher e garantir seus direitos”, enfatizou José Ricardo.

secom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Dezembro Vermelho

Ao longo deste mês, prédios públicos em todo o Brasil ficarão iluminados de vermelho para marcar a luta contra a aids. Além da iluminação, ...