julho 10, 2009

Maranhão defende mudança no Código Brasileiro do Ar para favorecer o turismo


Maranhão entende que no novo Código deveria ser inserida uma legislação especifica


Um novo Código Brasileiro do Ar foi defendido nesta sexta-feira (10) pelo governador José Maranhão durante a realização do Fórum dos Governadores do Nordeste, que acontece no Hotel Tambaú, em João Pessoa (PB). Ele considera que o atual está ultrapassado, carecendo de uma urgente modernização para se adequar às exigências de mercado do tráfego aéreo, e que possa favorecer o turismo regional.

O governador entende que no novo Código deveria ser inserida uma legislação especifica que pudesse coibir práticas altamente prejudiciais aos interesses do desenvolvimento nacional no que se refere a atuação das empresas de transportes aéreos.

A intervenção do governador Maranhão se deu depois que o ministro do Turismo, Luiz Barreto, fez sua explanação acerca dos preparativos para a realização da Copa do Mundo no ano de 2014, quando ressaltou que os Estados e as cidades sedes dos jogos deveriam preparar sua infraestrutura para receber os visitantes neste período.

O governador criticou, sobretudo, os vôos internacionais que, com relação a Paraíba, as pessoas utilizam o aeroporto de Recife. “As autoridades do governo devem concentrar uma discussão sobre a mudança da legislação do tráfego aéreo para coibir essa pratica que está matando a aviação da região Nordeste. As grandes empresas não se interessam pela viação regional”, comentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário